Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Gênio

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 06.02.2015
Termo utilizado a partir do século XVII, para manifestar o grau de originalidade criativa de um artista ou de uma nação, mas conhecido desde a Antigüidade e discutido, por exemplo, por Aristóteles (384-322 a.C.) em sua Poética, que o relaciona ao dramaturgo e sua capacidade de vivenciar profundamente todas as emoções para melhor representá-las. ...

Texto

Abrir módulo

Definição
Termo utilizado a partir do século XVII, para manifestar o grau de originalidade criativa de um artista ou de uma nação, mas conhecido desde a Antigüidade e discutido, por exemplo, por Aristóteles (384-322 a.C.) em sua Poética, que o relaciona ao dramaturgo e sua capacidade de vivenciar profundamente todas as emoções para melhor representá-las. Outros pensadores e poetas refletem sobre o gênio artístico como Thomas Hobbes (1588-1679), para quem o termo possui um sentido de dote natural excepcional ou talento inusitado ou Kant (1724-1804) que o restringe ao campo das belas artes, chamando-o de originalidade exemplar dos dotes naturais do indivíduo.

O termo ganha espaço definitivo no século XIX, tornando-se a principal característica da época romântica, que associa o gênio ao inato e original, aquele que possui a faculdade da invenção e produz obras de arte originais, tornando-se um mestre ou um exemplo a ser imitado. 

 

Fontes de pesquisa 2

Abrir módulo
  • GRASSI, Luigi; PEPE, Mario. Dizionario della Critica d'Arte. Torino: UTET, 1978. Volume 1.
  • OSBORNE, Harold. Estética e teoria da arte: um introdução histórica. São Paulo: Cultrix, [1968?].

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: