Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Isabel Pons

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 03.04.2017
28.01.1912 Espanha / Catalunha / Barcelona
03.06.2002 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Reprodução Fotográfica Itaú Cultural

Diplomata, 1962
Isabel Pons
Buril, água-forte e relevo
63,80 cm x 50,00 cm

Isabel Pons Iranzo (Barcelona, Espanha, 1912 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2002). Gravadora, desenhista, ilustradora, pintora, professora e figurinista. Faz cursos de pintura e desenho na Escola Nacional de Belas Artes, em Barcelona, entre 1925 e 1930. No mesmo período estuda na Escola Industrial de Sabadell, com Juan Vila-Cinca e A. Vila Ar...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Isabel Pons Iranzo (Barcelona, Espanha, 1912 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2002). Gravadora, desenhista, ilustradora, pintora, professora e figurinista. Faz cursos de pintura e desenho na Escola Nacional de Belas Artes, em Barcelona, entre 1925 e 1930. No mesmo período estuda na Escola Industrial de Sabadell, com Juan Vila-Cinca e A. Vila Arrufat. Entre os anos 1930 e 1940, freqüenta o ateliê do pintor Carlos Vazquez e o Real Círculo Artístico de Barcelona. Por volta de 1935, faz ilustrações para livros do poeta espanhol Federico García Lorca (1898-1936). Muda-se para o Rio de Janeiro em 1945. Em 1957, leciona gravura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV/Parque Lage). Naturaliza-se brasileira em 1958. Estuda com Rossini Perez (1932) e Johnny Friedlaender (1912-1992) no Ateliê de Gravura do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ), em 1959.

Obras 7

Abrir módulo
Reprodução Fotográfica Romulo Fialdini

Azulão

Buril, água-forte e relevo em cores
Reprodução Fotográfica Itaú Cultural

Diplomata

Buril, água-forte e relevo
Reprodução Fotográfica Itaú Cultural

Gafanhoto

Água-tinta e relevo
Reprodução Fotográfica Itaú Cultural

Pássaro Morto

Água-forte e água-tinta

Exposições 43

Abrir módulo

Feiras de arte 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 14

Abrir módulo
  • A GRAVURA brasileira. São Paulo: Paço das Artes, 1970.
  • BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO (7. : 1963 : São Paulo, SP). VII Bienal Internacional de São Paulo: catálogo. Apresentação Francisco Matarazzo Sobrinho; texto Geraldo Ferraz, Paulo Mendes de Almeida, Luís Martins, Sérgio Milliet, José Geraldo Vieira; texto crítico Bernard Gheerbrant; texto Jayme Maurício, Mário Pedrosa. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo,1963. 672 p.
  • BRASILIANISCHE Kunstler der Gegenwart. Kassel: Kasseler Kunstverein, 1962.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • GRAVADORES brasileiros anos 50/60. Apresentação de Aracy Amaral. Ribeirão Preto: Galeria Campus - USP/BANESPA, 1984.
  • GRAVURA moderna brasileira: acervo Museu Nacional de Belas Artes. Curadoria Rubem Grilo. Rio de Janeiro: Museu Nacional de Belas Artes, 1999.
  • GRAVURA: arte brasileira do século XX. São Paulo: Itaú Cultural: Cosac & Naify, 2000.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • ISABEL Pons: 25 anos de gravura. Brasília: ECT - Galeria de Arte, 1985.
  • ISABEL Pons: 50 anos en Brasil (1945-1955). Apresentação Cesar Maia, Carlos Blasco; texto José Antonio Gaya Nuño, Pierre Restany, Zoilo Martínez de la Vega. Rio de Janeiro : MAM, 1995. [13 p. ] il. color.
  • ISABEL Pons: da minha seara: óleos, gravuras, desenhos a nanquim e colagens. Apresentação de Pierre Restany. Brasília: ECT - Galeria de Arte, 1986.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Pintores Espanhóis no Brasil. São Paulo: Espaço Cultural Sérgio Barcellos, 1996.
  • MOSTRA DE GRAVURA CIDADE DE CURITIBA, 9., 1990. IX Mostra de Gravura Cidade de Curitiba. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, 1990.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: