Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Luiz Ventura

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
1930 Brasil / São Paulo / São Paulo
Reprodução fotográfica Filipe Galliano

Aqui se Faz Como Lá no Toma Lá, da Cá, 1987
Luiz Ventura
Acrílica sobre tela, c.i.d.
60,00 cm x 60,00 cm

Luiz Enjolras Ventura (São Paulo SP 1930). Pintor, gravador, desenhista, muralista, cenógrafo, ilustrador, decorador, diretor de arte e ficcionista. Na década de 1940, realiza suas primeiras gravuras em madeira; a partir de então, faz várias exposições individuais e participa de mostras coletivas no Brasil e no exterior. Trabalha como auxiliar d...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Luiz Enjolras Ventura (São Paulo SP 1930). Pintor, gravador, desenhista, muralista, cenógrafo, ilustrador, decorador, diretor de arte e ficcionista. Na década de 1940, realiza suas primeiras gravuras em madeira; a partir de então, faz várias exposições individuais e participa de mostras coletivas no Brasil e no exterior. Trabalha como auxiliar de cenografia de Bassano Vaccarini (1914-2002), no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC). Entre 1949 e 1951, viaja pela Europa, e reside por dois anos em Paris, onde freqüenta a Académie de la Grande Chaumière. É auxiliar de Clóvis Graciano (1907-1988), Di Cavalcanti (1897-1976) e Candido Portinari (1903-1962) na execução de painéis e murais. É um dos fundadores do Clube de Gravura de São Paulo, em 1953. Parte das décadas de 1960 e 1970, vive na Europa e na China, onde atua como professor de português no Instituto de Línguas Estrangeiras, em Pequim, e estuda a técnica oriental de gravura em madeira. Leciona esta mesma técnica na Unversidade Católica de Santiago, Chile, alguns anos depois. Escreve o Manual de Grabado en Madera - Técnicas Cccidental y Oriental, publicado em Honduras. Em 1980, funda o Centro de Arte de Barra de Guaratiba, no Rio de Janeiro.

Obras 10

Abrir módulo
Reprodução fotográfica Filipe Galliano

Ephesios 5:31

Acrílica sobre tela

Exposições 5

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 7

Abrir módulo
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997.
  • MOSTRA do acervo. São Paulo: Sudameris Galleria, 1996.
  • MOSTRA do acervo. São Paulo: Sudameris Galleria, 1996. SPsuda 1996/m
  • VENTURA, Luiz. A Ventura em ser Brasil. Texto Radhá Abramo. São Paulo: Paço das Artes, 1993. folha dobrada, 3 il. color.
  • VENTURA, Luiz. Luiz Ventura. São Paulo: Galeria Seta, 1985. , il. p&b color.
  • VENTURA, Luiz. Luiz Ventura: 500 anos do Brasil 2000. Apresentação Luiz Felipe Lampreia, Radhá Abramo. Paris: Unesco, 1998. [11 p.], il. color.
  • VENTURA, Luiz. Luiz Ventura: o pintor da gente. São Paulo: Tema Arte Contemporânea, 1987., s. il.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: