Artigo da seção pessoas Arnaldo Pedroso D'Horta

Arnaldo Pedroso D'Horta

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deArnaldo Pedroso D'Horta: 05-12-1914 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / São Paulo) | Data de morte 29-12-1973 Local de morte: (Brasil / São Paulo / São Paulo)
Imagem representativa do artigo

Balé , 1958 , Arnaldo Pedroso D'Horta

Biografia
Arnaldo Pedroso D'Horta (São Paulo SP 1914 - idem 1973). Desenhista, gravador, crítico de arte, pintor, professor. Inicia a carreira no jornalismo em 1931, colaborando com os jornais Folha da Manhã e O Estado de S. Paulo, entre outros. Forma-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo - USP, em 1937. Paralelamente à atividade de jornalista, realiza desenhos e pinturas, como autodidata. Recebe o prêmio de melhor desenhista nacional na 2ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1953. Publica, em 1954, o álbum 20 Desenhos de Esqueletos de Animais, com apresentação do crítico de arte Lourival Gomes Machado. Atua como ilustrador do Suplemento Literário de O Estado de S. Paulo e outras publicações. Dedica-se também à gravura em metal e xilogravura. Em 1960, recebe o prêmio de viagem ao exterior, do 9º Salão Nacional de Arte Moderna - SNAM, e visita vários países europeus. Sua obra é exposta em sala especial na 6ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1961. No ano seguinte, participa da reorganização do Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP, após seu acervo ser transferido para a USP. É autor de vários livros, entre eles Peru - da Oligarquia Econômica à Militar, publicado pela Editora Perspectiva, em 1971. Em 2000, é publicado o livro O Olho da Consciência: Juízos Críticos e Obras Desajuizadas, Escritos sobre Arte, organizado pela crítica de arte Vera D'Horta (1944), com parte de sua produção como crítico de arte, abrangendo 30 anos do cenário artístico brasileiro.

Comentário Crítico
Arnaldo Pedroso D'Horta atua como jornalista desde a década de 1930, trabalhando para importantes publicações. No fim da década de 1940, inicia sua trajetória artística, dedicando-se ao desenho e à gravura. Nos desenhos iniciais, realizados a nanquim, parte do mundo botânico, desenhando formas orgânicas que, em algumas obras, se apresentam bastante estilizadas. Já na série Esqueletos de Animais (1954), faz desenhos que se aproximam dos estudos anatômicos, revelando grande leveza e caráter poético. Posteriormente passa a trabalhar com gravuras em madeira e metal, nas quais emprega freqüentemente arabescos, criando planos e vazios. Atua experimentalmente, utilizando papéis de várias cores, densidades e texturas, e empregando instrumentos variados, como goivas, canivetes e bisturis.
 
Seus escritos de crítica de arte, publicados em vários jornais, percorrem 30 anos do cenário artístico no país. Como nota o crítico literário Antonio Candido (1918), a partir da década de 1950, já artista reconhecido, D'Horta escreve como alguém que percebe a importância da técnica e o significado determinante da forma, descrevendo de maneira apropriada as relações misteriosas entre o artista e seus materiais.

Outras informações de Arnaldo Pedroso D'Horta:

  • Outros nomes
    • Arnaldo Pedroso D'Horta
    • A. D'Horta
    • A. P. D'Horta
  • Habilidades
    • Pintor
    • desenhista
    • gravador
    • jornalista
    • crítico de arte
    • professor de artes plásticas
  • Relações de Arnaldo Pedroso D'Horta com outros artigos da enciclopédia:

Obras de Arnaldo Pedroso D'Horta: (4) obras disponíveis:

Exposições (117)

Todas as exposições

Fontes de pesquisa (17)

  • 12 ARTISTAS brasileiros. Jerusalém: Belazel Museum Jerusalen, 1960. Folha dobrada.
  • ARNALDO Pedroso D'Horta: desenhos, incisões, xilogravuras. Textos de Sérgio Milliet et al. São Paulo: Centro Cultural, 1983.
  • AS BIENAIS e a abstração: a década de 50. São Paulo: Museu Lasar Segall, 1978. (Ciclo de Exposições de Pintura Brasileira Contemporânea).
  • BIENAL BRASIL SÉCULO XX, 1994, São Paulo, SP. Bienal Brasil Século XX: catálogo. Curadoria Nelson Aguilar, José Roberto Teixeira Leite, Annateresa Fabris, Tadeu Chiarelli, Maria Alice Milliet, Walter Zanini, Cacilda Teixeira da Costa, Agnaldo Farias. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1994.
  • BIENAL Internacional de São Paulo (1. : 1951 : São Paulo): Catálogo. São Paulo: MAM, 1951. 199 p. il. p. b.
  • D'HORTA, Arnaldo Pedroso, D'HORTA, Vera (org. ). O Olho da consciência: juízos críticos e obras desajuizadas, escritos sobre arte. Apresentação Antonio Candido; fotografia Vera Albuquerque; ilustração Arnaldo Pedroso D'Horta. São Paulo : Edusp, 2000. 406 p. il. color.
  • D'HORTA, Arnaldo Pedroso. 20 desenhos de Arnaldo Pedroso D'Horta : Esqueletos de animais. Textos Lourival Gomes Machado, Lourival Gomes D'Horta. São Paulo : Grafica Brasileira, 1954
  • D'HORTA, Arnaldo Pedroso. Arnaldo Pedroso d'Horta: desenhos, incisões, xilogravuras. São Paulo: Centro Cultural, 1983. 92p. il. p. b. , foto.
  • D'HORTA, Arnaldo Pedroso. Arnaldo Pedroso D'Horta: dessins et gravures. Paris: Galérie Valérie Schmidt, 1962. il. p. b.
  • D'HORTA, Arnaldo Pedroso. Esqueletos de Animais. Texto Lourival Gomes Machado. São Paulo: [s.n.], 1954. [26] p., il. p&b.
  • D'HORTA, Arnaldo Pedroso; D'HORTA, Vera (org.). O Olho da consciência: juízos críticos e obras desajuizadas, escritos sobre arte. Apresentação Antonio Candido. São Paulo: Edusp, 2000.
  • FERRARI, Armando B. Críticas sobre Arnaldo Pedroso d´Horta para catálogo da XV Bienal - SP. (Curriculum do artista).
  • GRAVURA: arte brasileira do século XX. São Paulo: Itaú Cultural : Cosac & Naify, 2000.
  • MOSTRA DE GRAVURA CIDADE DE CURITIBA, 6., 1984. VI Mostra de Gravura Cidade de Curitiba: 1984 - Pan-Americana. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, 1984.
  • OBRAS para ilustraçao do suplemento literário: 1956 - 1967. Sao Paulo: MAM, 1993. 40 p. il. p. b.
  • PINACOTECA do Estado de São Paulo: 1970. Curadoria Carlos von Schmidt, Donato Ferrari, Paulo Mendes de Almeida, Delmiro Gonçalves. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1970. 12 p. Exposição realizada no período de dez. 1970 a fev. 1971.
  • TRADIÇÃO e ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1984.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ARNALDO Pedroso D'Horta. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9760/arnaldo-pedroso-dhorta>. Acesso em: 24 de Jul. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7
abrir pesquisa
;