Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.



Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Lygia Reinach

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 10.04.2017
1933 Brasil / São Paulo / Dois Córregos
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título], 2002
Lygia Reinach
Alumínio e cerâmica
600,00 cm x 400,00 cm

Lygia Reinach (Dois Córregos, São Paulo, 1933). Escultora e ceramista. Socióloga de formação profissão, Lygia toma contato com a cerâmica em 1979. Faz curso de argila e queima com Megumi Yuasa (1938). Entre 1980 e 1984, desenvolve e participa de oficinas-escolas e cursos de cerâmica. Em 1986, expõe no XI Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão P...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Lygia Reinach (Dois Córregos, São Paulo, 1933). Escultora e ceramista. Socióloga de formação profissão, Lygia toma contato com a cerâmica em 1979. Faz curso de argila e queima com Megumi Yuasa (1938). Entre 1980 e 1984, desenvolve e participa de oficinas-escolas e cursos de cerâmica. Em 1986, expõe no XI Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo, no XII Salão Paranaense de Cerâmica, em Curitiba, e na 3ª Mostra Aberta de Cerâmica Arte, no Centro Cultural São Paulo - CCSP. No ano seguinte, faz sua primeira individual na galeria Kitaro Zen, São Paulo, e participa da exposição Terracota Latino Americana, no FLAAC - Festival Latino Americano de Arte e Cultura I, em Brasília. Em 1988, São Paulo, recebe o prêmio Lei Sarney de revelação em escultura. Apresenta 45 Alguidares em seu ateliê, em 1990. Um ano depois, é incluída na 21ª Bienal de São Paulo. Participa das II, III e V edições da Bienal Barro de América, na Venezuela, em 1995, 1998 e 2005. 

Obras 5

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título]

Alumínio e cerâmica
Registro fotográfico Nelson Kon

Colar

400 esferas de cerâmica
Registro fotográfico autoria desconhecida
Reprodução fotográfica Ivon Piccoli/Itaú Cultural

Murmúrios

Cerâmica [29 colunas]

Exposições 16

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 12

Abrir módulo
  • 21ª BIENAL de São Paulo. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1991. 405 p., il color.
  • A ARTE da escultura no Conjunto Nacional. Apresentação Vilma Peramezza. São Paulo: Conjunto Nacional, 1998. F. dobrada, il. color.
  • A MATA. Curadoria Glaucia Amaral. Texto Ana Mae Barbosa, Vera Novis, Yara Lucia Britto Hupsil de Azevedo. São Paulo: MAC/USP, 1991. Não paginado, il. color.
  • A MATÉRIA e o sonho. São Paulo: Paço das Artes, 1990. Curadoria Alice Milliet. Não paginado, il. p&b.
  • A RESSACRALIZAÇÃO da arte. Texto Jacob Klintowitz. São Paulo: Sesc, 1999. 136 p., il. color.
  • BARRO de América. Curadoria Leonor Amarante, Martín Sánchez. São Paulo: Memorial da América Latina, 2005. F. dobrada, il. color.
  • BIENAL Barro de América: Roberto Guevara. Curadoria Fábio Magalhães, Roberto Guevara, Leonor Amarante. São Paulo: Memorial da América Latina, s.d. F. dobrada, il color.
  • BRASIL Japão D'Arte. Apresentação Manabu Mabe. São Paulo: Fundação Mokiti Okada - MOA, 1995. Não paginado, il. color.
  • ESCULTURA brasileira: da Pinacoteca ao Jardim da Luz. Curadoria e texto Agnaldo Farias. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 2000. 95 p., il. color.
  • KLINTOWITZ, Jacob. A ressacralização da arte. São Paulo: Sesc, 1999. 136 p., il. color.LYGIA Reinach/Kimi Nii: esculturas/flora cerâmica. Texto Ignácio de Loyola Brandão, Jorge Schwartz, Maria Alice Milliet, Miguel Chaia. São Paulo: Múltipla de Arte, 1994. F. dobrada, il. color.
  • REINACH, Lygia. Esculturas em cerâmica. Texto Lygia Reinach. São Paulo: [s. n.], 1999. Não paginado, il. color.
  • REINACH, Lygia. Lygia Reinach: escultura em cerâmica. São Paulo: Toki Arte Galeria, 1988.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: