Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Fernando Odriozola

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 24.02.2017
1921 Espanha / Astúrias / Oviedo
09.06.1986 Brasil / São Paulo / São Paulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Sem Título, 1960
Fernando Odriozola
Nanquim sobre papel
39,60 cm x 49,60 cm
Coleção Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo

Fernando Pascual Odriozola (Oviedo, Espanha 1921 - São Paulo SP 1986). Pintor, desenhista, gravador. Começa a pintar em 1936. Vem para o Brasil em 1953, e fixa residência em São Paulo. No ano seguinte, realiza sua primeira exposição individual, na Galeria Portinari. O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) dedica-lhe outra individual, em 19...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Fernando Pascual Odriozola (Oviedo, Espanha 1921 - São Paulo SP 1986). Pintor, desenhista, gravador. Começa a pintar em 1936. Vem para o Brasil em 1953, e fixa residência em São Paulo. No ano seguinte, realiza sua primeira exposição individual, na Galeria Portinari. O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP) dedica-lhe outra individual, em 1955. Na década de 1960, leciona no Instituto de Arte Contemporânea da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap) e colabora como ilustrador nos jornais O Estado de S. Paulo e Diário de S. Paulo, e na revista Habitat. Em 1964, integra, com Wesley Duke Lee (1931 - 2010), Yo Yoshitome (1925) e Bin Kondo (1937), o Grupo Austral, ligado ao movimento internacional Phases. Na 8ª Bienal Internacional de São Paulo, de 1965, recebe o prêmio de melhor desenhista nacional, que lhe proporciona uma sala especial na edição seguinte do evento. No ano de seu falecimento, 1986, o Centro Cultural São Paulo (CCSP) realiza uma exposição retrospectiva póstuma em sua homenagem.

Análise

Os trabalhos de Fernando Odriozola apresentam como característica comum uma aura de misticismo e mistério. A lua está presente em muitos deles, ora como um halo luminoso, ora como um círculo negro em eclipse, ora como uma silhueta minguante. Esse astro que paira acima de tudo, e parece reger essas telas, é como uma lembrança de que, além de observar, os espectadores são também observados. Em termos de composição, nas pinturas de Odriozola, a lua aparece ainda como contraponto fixo ao que está em primeiro plano: em alguns casos, vê-se a sugestão de figuras animais, executadas com traços quase caligráficos; em outros, observam-se pinceladas abstratas feitas de modo rápido e vibrante, destacando-se em relação ao fundo, geralmente feitos com tons rebaixados.

Essas pinturas parecem exigir do espectador um trabalho de organização pelo olhar, um comprometimento com o esforço de relacionar os termos do enigma para então poder decifrá-lo. Dessa maneira, advém das pinturas a sensação de que seus elementos, suspensos na composição, aguardam a ativação necessária por parte do observador. As formas e figuras sugeridas - realizadas em tons esmaecidos e contornos leves - surgem, assim, como elos visuais cuja função é interligar o imaginário do próprio espectador ao do artista.

Obras 16

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Animais na Noite

Óleo, colagem e guache sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Busto de Mulher

Óleo sobre hardboard
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Cálice Vermelho

Técnica-mista sobre madeira
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Gato

Óleo sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Paisagem

Óleo sobre madeira

Exposições 72

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 17

Abrir módulo
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979.
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979. 709.81 A163ar v.1
  • Brodosqui transformou-se em importante mostra de arte em homenagem a Portinari. Diário da Noite, São Paulo, 8 fev. 1963. 1º Caderno, p. 4. BNDigital: Biblioteca Nacional Digital. Rio de Janeiro. Disponível em: < http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=221961_04&PagFis=18802 >. Acesso em: 2 fev. 2016.
  • GRUPO Austral do Movimento Phases. São Paulo: MAC/USP, 1967. , il. p&b.
  • GRUPO Austral do Movimento Phases. São Paulo: MAC/USP, 1967. SPmac 1967
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. R759.981 L533d
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Pintores Espanhóis no Brasil. São Paulo: Espaço Cultural Sérgio Barcellos, 1996. 759.946 I533P
  • MOTTA, Glória Cristina (Coord.); CURTI, Ana Helena (Coord.). As bienais no acervo do mac : 1951 a 1985. Curadoria Maria Alice Millet de Oliveira; fotografia Gerson Zanini; projeto gráfico Helga Miethke; apresentação Ana Mae Barbosa; texto Maria Alice Milliet de Oliveira, Wolfgang Pfeiffer, Walter Zanini, Aracy Amaral, Ivo Mesquita. São Paulo: mac/ USP, 1987. 66 p., il. p&b. color. SPmac 1987/b
  • ODRIOZOLA, Fernando. Fernando ODRIOZOLA . São Paulo: Galeria Alberto Bonfiglioli, 1979. , il. p&b color. O27 1979
  • ODRIOZOLA, Fernando. Fernando ODRIOZOLA . São Paulo: Trilha Galeria de Arte, 1981. 1 il. p.b. DOSSIÊ
  • ODRIOZOLA, Fernando. Fernando Odriozola. São Paulo: Galeria Alberto Bonfiglioli, 1979. , il. p&b color.
  • ODRIOZOLA, Fernando. Fernando Odriozola. São Paulo: Trilha Galeria de Arte, 1981. 1 il. p.b.
  • ODRIOZOLA, Fernando. Fernando Odriozola. Texto José Henrique Fabre Rolim, Ivo Zanini, Jacob Klintowitz, Luiz Ernesto Machado Kawall, Olívio Tavares de Araújo; comentário Jacob Klintowitz, Alberto Beuttenmüller, Geraldo Ferraz, Olívio Tavares de Araújo, Theon Spanudis, Édouard Jaguer; produção Di Paolo; apresentação Yolanda Serrano. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 1985. folha dobrada, il. p&b.
  • ODRIOZOLA, Fernando. Fernando Odriozola. Texto José Henrique Fabre Rolim, Ivo Zanini, Jacob Klintowitz, Luiz Ernesto Machado Kawall, Olívio Tavares de Araújo; comentário Jacob Klintowitz, Alberto Beuttenmüller, Geraldo Ferraz, Olívio Tavares de Araújo, Theon Spanudis, Édouard Jaguer; produção Di Paolo; apresentação Yolanda Serrano. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 1985. folha dobrada, il. p&b. O27f 1985
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. v. 1.
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. v. 1. 709.81 H673 v.2

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: