Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Patricia Furlong

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 23.09.2022
07.12.1955 Brasil / Rio Grande do Sul / Porto Alegre
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Marlboro, 1992
Patricia Furlong
Técnica-mista
246,00 cm x 224,50 cm

Patricia Furlong Woldmar (Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 1955). Artista plástica. Gradua-se em educação artística pela Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em 1980, onde é aluna de Regina Silveira (1939) e Julio Plaza (1938-2003). Em 1982, realiza o cenário e o figurino para a ópera Don Pasquale, encenada pelo Teatro Lírico de Equipe. Em ...

Texto

Abrir módulo

Patricia Furlong Woldmar (Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 1955). Artista plástica. Gradua-se em educação artística pela Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em 1980, onde é aluna de Regina Silveira (1939) e Julio Plaza (1938-2003). Em 1982, realiza o cenário e o figurino para a ópera Don Pasquale, encenada pelo Teatro Lírico de Equipe. Em 1991 ministra o curso Do Surrealismo Abstrato ao Expressionismo Abstrato, na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Integra o projeto Cursos no Atelier, em 1993, acompanhando o desenvolvimento de trabalhos de artistas no Atelier Frederico Steidel, em São Paulo, e realiza o painel Carrinho, para o programa Metrópolis da TV Cultura. Em 1995 ministra o workshop Miró, São Paulo Pincel e Papel, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP), e participa do workshop em intermídia com Judite dos Santos, na Universidade de São Paulo (USP). Em 1998 é aluna ouvinte do curso Polêmicas da Modernidade: a Metamodernidade, ministrado por Philadelpho Menezes (1960-2000), na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Em 2002 participa da 7ª edição da Bienal de Havana e coordena o projeto O Desenho e Seus Papéis, em parceria com Edith Derdyk (1955), no Sesc Pompéia. Funda em 2003 um grupo de estudos sobre arte contemporânea formado por Adriana Rocha (1959), Ana Michaelis (1962), Arnaldo Battaglini (1953), Carlos Camargo, Celso Orsini (1958), Cris Rocha (1967) e Edith Derdyk, com os quais integra o grupo Em Branco, direcionado à realização de exposições coletivas itinerantes de suas obras.

Análise

Patricia Furlong começa a trabalhar na década de 1980, realizando pinturas gestuais. Nos anos 1990, sua pintura é pensada como uma intervenção na superfície de cartazes, outdoors e anúncios de jornais, para discutir a paisagem urbana paulistana. A tinta é usada para vedar parcial ou totalmente palavras e frases contidas nos anúncios ou produtos mostrados nesses veículos publicitários, modificando seu significado original: por exemplo a marca da maionese Hellmann's se torna "man".

A discussão sobre a paisagem urbana em sua obra desloca-se da pintura para objetos de interação com o espectador, como na obra Mantenha Distância, 2001, da série Comandos. A frase comum em para-choques de ônibus e caminhões é escrita com letras imantadas sobre chapa galvanizada, possibilitando que o público as rearticule.

A questão da paisagem ganha outra dimensão na obra de Patrícia em 2005, na série Jardins, que enfoca a paisagem natural em vez da urbana. A artista retoma a tradição de pintura ao ar livre e leva o cavalete para os jardins de sua residência a fim de observar, desenhar e pintar a vegetação do local, e dispensa a mediação da fotografia na realização da obra, colocando em debate a pertinência do gênero pintura de paisagem no século XXI. Pinta a vegetação de maneira descritiva e laboriosa, e se detém em cada detalhe da paisagem ao alcance de sua observação, utilizando tinta acrílica em pinceladas diluídas como as de uma aquarela.

Obras 19

Abrir módulo
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Carrinho

Técnica mista
Reprodução fotográfica Gui Von Schmidt

Ishtar I

Acrílica sobre tela
Reprodução fotográfica Nino Rezende

Jardim 1

Acrílica sobre tela

Espetáculos 1

Abrir módulo

Exposições 57

Abrir módulo

Exposições virtuais 1

Abrir módulo

Feiras de arte 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 19

Abrir módulo
  • AVESSO do avesso. Curadoria Sérgio Pizoli. São Paulo: Paço das Artes, 1996.
  • BANDEIRAS. São Paulo: Galeria de Arte do Sesi; MAC-USP, 1996.
  • BIENAL DE LA HABANA, 7., 2000, Habana. Séptima Bienal de Habana. Curadoria Nelson Herrera Ysla, Hilda María Rodríguez, José Manuel Noceda Fernandéz, Ibis Hernández Abascal, Margarita Sánchez Prieto, Magda I. González-Mora, Lourdes Castillo González. Habana: Centro de Arte Contemporâneo Wifredo LAM, 2000.
  • EM BRANCO. Belo Horizonte: Fundação Clóvis Salgado, 2006.
  • EXPOSIÇÃO ARTISTAS ÍTALO-BRASILEIROS EM SÃO PAULO, 2., 1993, São Paulo. 2ª Exposição artistas ítalo-brasileiros em São Paulo. São Paulo: Espaço Cultural FIAT, 1993.
  • EXPOSIÇÕES. Curadoria Lorenzo Mammì. São Paulo: Centro Universitário Maria Antônia, 2004.
  • EXTRA-SMALL Extra-large. Curadoria Nancy Betts. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 1999.
  • FURLONG, Patricia. [Currículo]. Enviado pela artista em 22 de setembro de 2006.
  • FURLONG, Patrícia. Patrícia Furlong. São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1992.
  • FURLONG, Patrícia. Patrícia Furlong: os sempiternos. Porto Alegre: Arte & Fato, 1988.
  • FURLONG, Patrícia. Patrícia Furlong: os sempiternos. São Paulo: Sadalla Galeria de Arte, 1988.
  • FURLONG, Patrícia. Patrícia Furlong: tempo de Ishtar. [S. l.]: [s.n.], 1987.
  • MAZZUCCHELLI, Marília (Coord.). Palavra-Figura. Curadoria Nancy Betts. São Paulo: Paço das Artes, 2001.
  • PAISAGENS. Tradução Izabel Murat Burbridge. São Paulo: Galeria São Paulo, 1994. il. color.
  • PANORAMA de Arte Brasileira 1999. Curadoria Tadeu Chiarelli; versão em inglês Izabel Murat Burbridge. São Paulo: MAM, 1999.
  • PATRICIA FURLONG. Site da artista. Disponível em: [http://www.patriciafurlong.art.br]. Acesso em: ago. 2006.
  • PROJETO ARTE ATUAL Brasil: visual road: atualidade visual de seis importantes artistas brasileiros. Curadoria Paulo Klein. São Paulo: Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte, 1995.
  • PROJETO Arte Atual Brasil: Senses: um olhar sensível sobre a arte atual. Curadoria Paulo Klein. São Paulo: Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte, 1994.
  • SCHMIDT, Carlos von. Patrícia Furlong. Artes:, São Paulo, v. 22, n. 62, p. 21, dez. 1986, jan. /fev. 1987.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: