Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Percy Deane

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 18.01.2016
30.01.1921 Brasil / Amazonas / Manaus
1994 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Interior e Paisagem
Percy Deane
Óleo sobre tela, c.i.d.
65,00 cm x 40,00 cm

Percy de Mello Deane (Manaus, Amazonas, 1921 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1994). Pintor, desenhista, ilustrador, arquiteto. Aos dez anos muda-se com a família para Belém, onde freqüenta suas primeiras aulas de desenho. Ingressa na Faculdade de Arquitetura da Escola Nacional de Belas Artes (Enba) em 1938, mudando-se para o Rio de Janeiro. Ne...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Percy de Mello Deane (Manaus, Amazonas, 1921 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1994). Pintor, desenhista, ilustrador, arquiteto. Aos dez anos muda-se com a família para Belém, onde freqüenta suas primeiras aulas de desenho. Ingressa na Faculdade de Arquitetura da Escola Nacional de Belas Artes (Enba) em 1938, mudando-se para o Rio de Janeiro. Nessa cidade, conhece Candido Portinari (1903-1962), de quem se torna amigo e entusiasta e passa dedicar-se somente às artes visuais. A partir de 1938, colabora regularmente, como ilustrador, para as publicações O Jornal, Dom Casmurro, Sombra, Diretrizes, Cigarra e Rio Magazine. Durante dez anos, entre 1941 e 1951, ilustra romances seriados para a revista O Cruzeiro. Por encomenda de Oscar Niemeyer (1907-2012), realiza o mural do Iate Clube da Pampulha, Belo Horizonte, em 1942. É premiado no Salão Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro, em 1940, 1941 e 1943, recebendo neste último o prêmio de viagem ao país. Expõe em Londres, em 1943 e participa da mostra 20 Artistas Brasileños, itinerante pelo Uruguai, Argentina e Chile, em 1945. Realiza mural em mosaico para a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, em 1951. Faz ilustrações para vários livros, entre eles: O Feijão e o Sonho (1968), de Paulo Leminski (1944-1989); A Ponte (1975), de Erico Verissimo (1905-1975) e Memórias do Cárcere (1969), de Graciliano Ramos (1892-1953). É autor do retrato de João Cabral de Melo Neto (1920-1999) que aparece na folha de rosto da publicação da obra completa do poeta, lançada pela Editora Nova Aguilar, em 1994.

Obras 1

Abrir módulo

Exposições 25

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 9

Abrir módulo
  • A NOVA flor de abacate / Os dissidentes: Grupo Guignard - 1943 / 1942. Rio de Janeiro: Galeria de Arte Banerj, 1986. (Ciclo de exposições sobre arte no Rio de Janeiro).
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997.
  • DEANE, Percy. Percy Deane: guaches, aquarelas, pastéis e desenhos. Rio de Janeiro: Galeria Olivia Kann, 1984. , il. p&b.
  • DEZ lustros: Deane, Moraes, Scliar. Vitória: Galeria de Arte Ana Terra, 1988. , il. color., fotos.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5). p. 20.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • MARGUTTI, Mário. Desenho brasileiro. Tradução Amos Israel Zezmer. Rio de Janeiro: Europa, 1988. 136 p., il. p.b., foto.
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. v. 1.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: