Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Sendin

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 09.06.2017
1928 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Lembro-me da Torre, 1974
Sendin
Óleo sobre tela
80,00 cm x 80,00 cm
Acervo Fieo (Osasco, SP)

Armando Moral Sendin (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1928). Pintor, ceramista, escultor, desenhista, gravador e professor. Dedica boa parte de sua vida a estudos: cursa a Escola de Belas Artes de Priego na Espanha (por volta de 1940); filosofia na Universidade de São Paulo (1945 a 1949); especialização em estética, com Bogumil Jasinowsky, na Un...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Armando Moral Sendin (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1928). Pintor, ceramista, escultor, desenhista, gravador e professor. Dedica boa parte de sua vida a estudos: cursa a Escola de Belas Artes de Priego na Espanha (por volta de 1940); filosofia na Universidade de São Paulo (1945 a 1949); especialização em estética, com Bogumil Jasinowsky, na Universidade do Chile (1950); e, como bolsista do governo francês, estética na Sorbonne, com mestre Souriau (1950 a 1953). Durante suas viagens, trabalha com Gensoli na Manufatura Nacional de Sevres, França, e desenvolve pesquisas com o ceramista Zuloaga e técnicas de cerâmica de origem oriental com Guardiola e com Gonzalez-Marti, na Espanha. Entre 1954 e 1964, dá cursos de pintura, cerâmica, escultura e desenho em seu estúdio, em São Paulo. Nessa mesma cidade, realiza sua primeira mostra individual, no Clube dos Artistas em 1960. Em 1965, publica um livro didático intitulado Cerâmica Artística. Na década de 80, recebe o Prêmio Ribeiro Couto como destaque do ano em Artes Plásticas (1982). 

Obras 3

Abrir módulo

Exposições 47

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 8

Abrir módulo
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • SCHENBERG, Mario. Pensando a arte. São Paulo: Nova Stella, 1988.
  • SENDIN. Armando Sendin. São Paulo: Galeria de Arte André, 1988. 32 p., il color.
  • SENDIN. Armando Sendin: óleos e guache. São Paulo: Documenta Galeria de Arte, 1980. , s. il.
  • SENDIN. Sendin. Santos: Galeria de Arte/Centro Cultural Brasil-Estados Unidos, 1981. , il. color.
  • SENDIN. Tempo de lazer: Armando Sendim. São Paulo: Galeria Alberto Bonfiglioli, 1981. , il. p&b color.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: