Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Fernando Augusto

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 27.03.2017
18.05.1960 Brasil / Bahia / Itanhém
Reprodução Fotográfica Autoria Desconhecida

O Guardador de Ofícios, 1987
Fernando Augusto
Acrílica sobre tela
65,00 cm x 75,00 cm

Fernando Augusto dos Santos Neto (Itanhém BA 1960). Pintor, desenhista e professor. Cria em 1978, na cidade baiana de Medeiros Neto, o Grupo Molière de Teatro, no qual dirige e adapta várias peças. Muda-se para Belo Horizonte em 1981 e gradua-se em artes plásticas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 1987. Recebe bolsa de viagem ...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Fernando Augusto dos Santos Neto (Itanhém BA 1960). Pintor, desenhista e professor. Cria em 1978, na cidade baiana de Medeiros Neto, o Grupo Molière de Teatro, no qual dirige e adapta várias peças. Muda-se para Belo Horizonte em 1981 e gradua-se em artes plásticas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 1987. Recebe bolsa de viagem do Instituto Goethe, e parte para a Alemanha em 1989. Dois anos depois, torna-se professor adjunto da Universidade Estadual de Londrina (UEL), onde desde 2005 é professor visitante, responsável pelas disciplinas de pintura, desenho e fotografia. Conclui mestrado em 1995, em comunicação e semiótica, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Em 2000, obtém o título de doutor pela mesma instituição e na mesma área de estudo, além do Diplôme des Études Approfondies (DEA), pela Universidade de Paris I - Sorbonne. Além disso, é colaborador da Fundação Universidade do Contestado (UnC), em Santa Catarina, desde 2004, e professor titular da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), a partir de 2005.

Análise

Fernando Augusto já havia trabalhado com teatro, desenho e gravura quando, em 1991, realiza a individual Um Lugar para Homens e Animais. Nas pinturas exibidas nessa mostra, Augusto busca unir às artes plásticas o tempo e o espaço das histórias em quadrinhos e, para isso, confere à exposição um caráter narrativo.

Expõe, em 1993, trabalhos feitos com técnica mista sobre papel, nos quais sobrepõe desenho, pintura e colagem, utilizando bilhetes guardados no decorrer dos anos. Com base nessas obras, passa a lidar com questões ligadas à memória e à exposição do próprio processo de trabalho. Em obras como Livro Vermelho, 1996, ele amplia sua pesquisa, usando como suporte envelopes de cartas recebidas, interferindo sobre eles com tinta nanquim e traços de ponta-seca.

As pinturas feitas a partir de 1996 exploram tons mais amenos e cores diluídas. Nelas, Augusto faz uso do carvão para escrever e desenhar sobre a tela. O crítico Agnaldo Farias observa que nessas obras as névoas, neblinas e trevas pertencem igualmente aos domínios do visível e do pictórico, e que tal constatação faz-se necessária para perceber o cerne da pintura de Fernando Augusto, a pintura como um território de equivalência entre várias linguagens visuais.

Em 2000, Augusto realiza individual na qual mostra, além de desenho e pintura, fotografias e objetos. Nessa exposição, dá continuidade à temática relativa às camadas de tempo implicadas no processo artístico e suas dificuldades, questão que permeia toda sua produção.

Obras 1

Abrir módulo

Exposições 99

Abrir módulo

Feiras de arte 1

Abrir módulo

Festivais 1

Abrir módulo

Palestras 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 42

Abrir módulo
  • AUGUSTO, Fernando. AUGUSTO Fernando : um lugar para homens e animais. Belo Horizonte: Palácio das Artes, 1991. il. p.b., foto. A923 1991
  • AUGUSTO, Fernando. Dialogue difficile. Paris: Galerie Debret, 2000. folha dobrada, il. p&b. color. A923 2000/d
  • AUGUSTO, Fernando. Dialogue difficile. Texto Norval Baitello Junior; fotografia Beto Camargo; texto Fernando Augusto. Paris : Galerie Debret, 2000. folha dobrada il. p. b. color.
  • AUGUSTO, Fernando. Diário de Passagem. Londrina: Casa de Cultura/UEL, 1996. [8] p., il. A923 1996/d
  • AUGUSTO, Fernando. Diário de passagem : uma poética do desenho. São Paulo: Paço das Artes, 1995. 8 p., il. A923 1995/d
  • AUGUSTO, Fernando. Diário de passagem: uma poética do desenho. Apresentação Heloisa Sandoval Gregori. São Paulo : Paço das Artes, 1995. 8 p. il. p. b. color.
  • AUGUSTO, Fernando. Dossiê Fernando Augusto. S.l.: [s.n.]. A-0118
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando AUGUSTO : diário de frequência. Florianópolis: MASC, 1995. 1 f. dobrada., il. A923 1995/di
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando AUGUSTO : fragmentos de um diário. Belo Horizonte: CEMIG, 1993. 18 p., il. color. A923 1993
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando AUGUSTO. Londrina: Departamento de Arte/ UEL, 1996. 40 p., il. A923 1996/f
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando AUGUSTO. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 1997. [20p.]: il. color. A923 1997
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto. São Paulo: Galeria SESC Paulista, 1995. s.p. il., fig., foto.
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto. Tradução Ericson Silva. Londrina: Departamento de Arte/UEL, 1996. 40 p., il.
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto. Versão em inglês Ericson Silva; projeto gráfico Fernando Augusto; fotografia Beto Camargo; texto Agnaldo Farias. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 1997. [20p.]: il. color.
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto: arte para que? pintura e objetos. Belo Horizonte: Itaugaleria, 1989. 1 folha dobrada..
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto: arte para que? pintura e objetos. Belo Horizonte: Itaugaleria, 1989. 1 folha dobrada.. 1989 IGBH 003
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto: diário de frequência. Florianópolis: MASC, 1995. 1 f. dobrada., il.
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto: fragmentos de um diário. Belo Horizonte: CEMIG, 1993. 18 p., il. color.
  • AUGUSTO, Fernando. Fernando Augusto: um lugar para homens e animais. Belo Horizonte: Palácio das Artes, 1991. il. p.b., foto.
  • AUGUSTO, Fernando. Pinturas. Londrina: Casa de Cultura/UEL, 1996. 8 p., il. A923 1996/p
  • AUGUSTO, Fernando. Pinturas. Tradução Ericson Silva; apresentação Maria Carla Guarinello de Araujo Moreira; texto Agnaldo Farias. Londrina: Casa de Cultura/UEL, 1996. 8 p., il. p.b. color.
  • Augusto, Fernando. Fernando Augusto . São Paulo: Galeria SESC Paulista, 1995. s.p. il., fig., foto. A923 1995
  • MOSTRA DO DESENHO BRASILEIRO, 9., 1991, Curitiba, PR. 9ª Mostra do Desenho Brasileiro. Curitiba: MAC/Paraná, 1991. PRmdb 9/1991
  • O HOMEM. Belo Horizonte: Museu de Arte da Prefeitura, 1984. , il p&b color. MGmabh 1984
  • PROSPECÇÕES: arte nos anos 80 e 90. Belo Horizonte: Secretaria de Estado da Cultura, 1997. 1 folha avulsa dobra, 3 il. p.b., color. MGsec 1997/u
  • SALÃO ARTE PARÁ, 13., 1994, Belém. Décimo Terceiro Arte Pará. Curadoria Karin Stempel, João Mercês, Paulo Herkenhoff. Belém: Fundação Romulo Maiorana, 1994. Disponível em: http://www.frmaiorana.org.br/1994/1994.pdf. PAa 13/1994
  • SALÃO ARTE PARÁ, 15., 1996, Belém. Décimo Quinto Salão Arte Pará: as marcas do nosso tempo. Curadoria Paulo Herkenhoff, Cláudio de La Rocque Leal e Mauro Bondi. Belém: Fundação Romulo Maiorana, 1996. CAT-G PAa 15/1996
  • SALÃO Brasileiro de Arte, 6., 1990, São Paulo. São Paulo: M.O.A., 1990. il. p.b. color. SPmoa 1990
  • SALÃO DE ARTES VISUAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO, 2. , 1985, Belo Horizonte. 2º SALÃO de ARTES VISUAIS Fundação Clóvis Salgado. Belo Horizonte: Palácio das ARTES, 1985. 9 folhas soltas, il. p&b. MGfcs 2/1985
  • SALÃO DE ARTES VISUAIS, 2. , Belo Horizonte, 1985. Catálogo geral. Apresentação de Mauro Werkema. Belo Horizonte: Fundação Clóvis Salgado, 1985.
  • SALÃO NACIONAL DE ARTE, 16. , Belo Horizonte, 1984. O homem. Apresentação de Ruy Lage, Arutana Cobério Terena e Fernando Paz. Texto de Frederico Morais. Belo Horizonte: Museu de Arte da Prefeitura, 1984.
  • SALÃO NACIONAL DE ARTE, 18. , 1986, Belo Horizonte. 18º SALÃO NACIONAL de ARTE . Belo Horizonte: Museu de ARTE, 1986. [28] p., il. p&b color. MGsna 18/1986
  • SALÃO NACIONAL DE ARTE, 18. , Belo Horizonte, 1986. Catálogo. Apresentação de Márcio Cunha e Geraldo Magalhães. Belo Horizonte: Museu de Arte, 1986.
  • SALÃO NACIONAL VICTOR MEIRELLES, 5., 1997, Florianópolis, SC. 5º Salão Nacional Victor Meirelles. Curadoria Charles Narloch. Florianópolis: MASC, 1997. SCsvm 5/1997
  • SALÃO NACIONAL VICTOR MEIRELLES, 6. , 1998, Florianópolis, SC. 6º Salão Nacional Victor Meirelles. Curadoria Charles Narloch. Florianópolis: MASC, 1998. SCsvm 6/1998
  • SALÃO PARANAENSE, 48., 1991, Paraná, PR. 48º Salão Paranaense. Curitiba: Sala de Exposições-Teatro Guaíra, 1991. PRsp 48/1991
  • SALÃO PARANAENSE, 52., 1995, Curitiba, PR. 52º Salão Paranaense. Curadoria João Henrique do Amaral. Curitiba: MAC, 1995. PRmac 1995/s
  • SALÃO Paraense de Arte Contemporânea, 2., 1993, Belém. Belém: Hall Ismael Nery Centur, 1993. 12 p., il. color. PAsecult 1993
  • SUITE Vollard, Picasso: uma interpretaçao Paranaense. Curitiba: Museu de Arte do Paraná, 1994. , il. p&b. PRmap 1994
  • TREVISAN, Ricardo (Coord.); MURADI, Elias (Coord.); MORAES, Andrea P. S. (Coord.). Projeto ABRA/ Coca- cola de Arte Atual : 1998. São Paulo: Academia Brasileira de Arte, 1998. [34 p.], il. color. SPabra 1998/p
  • VENTOSUL: Mostra de Artes Visuais Integração do Cone Sul - Argentina, Brasil, Chile, Paragua, Uruguai, 3., 1996, Cascavel, PR. Ventosul. curadoria Tício Escobar et al.; fotografia Nery Cardoso; tradução Luli Miranda; apresentação Laura Buccellato et al. Cascavel, PR: Prefeitura Municipal, 1996.
  • VENTOSUL: Mostra de Artes Visuais Integração do Cone Sul - Argentina, Brasil, Chile, Paragua, Uruguai, 3., 1996, Cascavel, PR. Ventosul. curadoria Tício Escobar et al.; fotografia Nery Cardoso; tradução Luli Miranda; apresentação Laura Buccellato et al. Cascavel, PR: Prefeitura Municipal, 1996. PRvs 3/1996

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: