Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Dalva de Barros

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 18.07.2022
27.10.1935 Brasil / Mato Grosso / Cuiabá

Porto de Corumbá, 1980
Dalva de Barros
Óleo sobre tela, c.i.e.

Dalva Maria de Barros (Cuiabá, Mato Grosso, 1935). Pintora. Inicia seus estudos em pintura através de um curso por correspondência mantido pelo Instituto Universal Brasileiro, na cidade de Diamantino, Mato Grosso, em 1959. No ano seguinte, freqüenta curso livre de pintura na Fundação Armando Álvares Penteado - Faap, em São Paulo e, entre 1968 e ...

Texto

Abrir módulo

Dalva Maria de Barros (Cuiabá, Mato Grosso, 1935). Pintora. Inicia seus estudos em pintura através de um curso por correspondência mantido pelo Instituto Universal Brasileiro, na cidade de Diamantino, Mato Grosso, em 1959. No ano seguinte, freqüenta curso livre de pintura na Fundação Armando Álvares Penteado - Faap, em São Paulo e, entre 1968 e 1970, a Escola de Belas Artes - EBA/UFRJ, no Rio de Janeiro. De 1976 a 1980 supervisiona o Ateliê Livre da Fundação Cultural de Mato Grosso e, em 1982, o Ateliê Livre da Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, ambos em Cuiabá.

Obras 8

Abrir módulo

Exposições 16

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 9

Abrir módulo
  • 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • ADIR Sodré, Dalva de Barros e Gervane de Paula: pinturas. Cuiabá: Espaço BEMAT, 1983.
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997.
  • AYALA, Walmir. Le Brésil par ses artistes. Rio de Janeiro, RJ: Nórdica, s.d. 211 il. color.
  • DALVA Maria de Barros. Apresentação de Aline Figueiredo. Cuiabá: Palácio da Instrução, 1977.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • FIGUEIREDO, Aline. Arte aqui é mato. Cuiabá: UFMT, 1990.
  • FIGUEIREDO, Aline. Artes Plásticas no Centro-Oeste. Apresentação Aline Figueiredo. Cuiabá: UFMT/MACP, 1979. 360 p., il. color.
  • REFERÊNCIAS Pantaneiras na pintura de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul. São Paulo: Paço das Artes, 1988.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: