Artigo da seção pessoas Ivald Granato

Ivald Granato

Artigo da seção pessoas
Artes visuais / teatro  
Data de nascimento deIvald Granato: 29-12-1949 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Campos dos Goytacazes) | Data de morte 03-07-2016 Local de morte: (Brasil / São Paulo / São Paulo)
Imagem representativa do artigo

Gata , 1982 , Ivald Granato
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Biografia

Ivald Granato Filho (Campos, Rio de Janeiro, 1949 - São Paulo, São Paulo, 2016). Pintor, gravador, desenhista e artista multimídia. Em 1966, estuda pintura com Robert Newman. Depois, freqüenta por um breve período a Escola de Belas Artes. Desde a década de 1970, realiza performances e intervenções, recorrendo à fotografia e ao vídeo para documentá-las. Por duas vezes, em 1979 e em 1982, obtém o prêmio melhor desenhista do ano pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA). No início da década de 1980, participa de eventos com a Banda Performática, do artista José Roberto Aguilar, que associa pintura, música, teatro e circo. Realiza a exposição Ivald Granato: Desenhos 1964-2000, no Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), no Rio de Janeiro, em 2002, e no Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), em São Paulo, em 2003. Em sua produção são freqüentes as referências autobiográficas.

Análise

Ivald Granato começa a pintar muito cedo, inspirando-se em obras cubistas. Por um breve período, a partir de 1967, cursa a Escola Belas Artes, no Rio de Janeiro. Na década de 1970, produz obras que apresentam imagens viscerais ou fálicas.

Granato realiza pinturas nas quais trabalha com pinceladas rápidas, criando figuras de contornos imprecisos, associadas a signos, grafites, grafismos e manchas.  Produz várias séries de obras, mudando o estilo da composição a cada tema tratado. Sua obra destaca-se pela espontaneidade e vivacidade, apresentando pinceladas vibrantes e, muitas vezes, tintas escorridas. Em seu trabalho, está sempre presente o traço autobiográfico, como em Auto-Retrato no Quadro, 1973.  Já na tela Gata, 1982, o artista se aproxima da arte pop, empregando cores muito contrastantes, como também ocorre em My Friends, 1985. Granato apresenta obras que reúnem as referências ao cotidiano, o caráter fantástico e o erotismo. Desde os anos 1970, o artista realiza também várias performances.

Outras informações de Ivald Granato:

  • Outros nomes
    • Ivald Granato Filho
  • Habilidades
    • gravador
    • desenhista
    • Artista intermídia
    • Pintor
    • Performer

Obras de Ivald Granato: (26) obras disponíveis:

Todas as obras de Ivald Granato:

Espetáculos (1)

Exposições (203)

Todas as exposições

Eventos relacionados (2)

Artigo sobre sp-arte 2010

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de iníciosp-arte 2010: 29-04-2010  |  Data de término | 02-05-2010
Resumo do artigo sp-arte 2010:

Fundação Bienal de São Paulo

Fontes de pesquisa (17)

  • AYALA, Walmir (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1980. v.4: Q a Z. (Dicionários especializados, 5).
  • CAVALCANTI, Carlos (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1974. v.2: D a L. (Dicionários especializados, 5).
  • GRANATO, Ivald. Desenhos: 1964-2000. Rio de Janeiro: Museu Nacional de Belas Artes, 2002. 32 p., il. p&b. color.
  • GRANATO, Ivald. Dorsaymomaqui SP 94: Ivald Granato. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 1994.
  • GRANATO, Ivald. Ivald Granato art performance. São Paulo: Massao Ohno, 1978.
  • GRANATO, Ivald. Ivald Granato. São Paulo: Galeria Nara Roesler, 1997. 
  • GRANATO, Ivald. Ivald Granato. São Paulo: Subdistrito Comercial de Arte, 1987.
  • GRANATO, Ivald. Ivald Granato: desenho. Sao Paulo: MAC/USP, 1979.
  • GRANATO, Ivald. Ivald Granato: pinturas. Rio de Janeiro: Montesanti Galleria, 1986.
  • GRANATO, Ivald. Ivald Granato: pinturas. São Paulo: Subdistrito Comercial de Arte, 1986.
  • GRANATO, Ivald. Viva München 84: Ivald Granato. München: Galerie Maeder, 1984.
  • Morre o artista Ivald Granato, um dos pioneiros da performance no Brasil. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/07/1788128-morre-o-artista-ivald-granato-um-dos-pioneiros-da-performance-no-brasil.shtml?cmpid=compfb. Acesso em: 04 Jun. 2016.
  • NOGUEIRA, Rosana Marçal do Valle (Coord.). FIGURAÇÕES : 30 Anos na Arte Brasileira. São Paulo: MAC, 1998. 68 p., il. color.
  • PERFIL da Coleção Itaú. Curadoria Stella Teixeira de Barros. São Paulo: Itaú Cultural, 1998.
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.
  • PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos: arte brasileira do século XX na coleção Gilberto Chateaubriand. Rio de Janeiro: Edições Jornal do Brasil, 1987.
  • SCHENBERG, Mario. Pensando a arte. São Paulo: Nova Stella, 1988.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • IVALD Granato. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa8692/ivald-granato>. Acesso em: 23 de Jul. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7
abrir pesquisa
;