Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Acencio

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 23.02.2017
30.06.1944 Brasil / Bahia / Juazeiro
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

O Cavaleiro da Planície de Gor, 1993
Acencio
Óleo sobre tela
100,00 cm x 80,00 cm

Paulo Acencio de Araújo Barbosa (Juazeiro BA 1944). Pintor, ilustrador e poeta. Transfere-se, em 1958, para a cidade de São Paulo. Na capital paulista, freqüenta o ateliê de Romano Abedante entre 1962 e 1967. Paralelamente, começa a participar de mostras de arte, entre as quais o Salão Livre da Associação Paulista de Belas Artes, em 1965. Em 196...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Paulo Acencio de Araújo Barbosa (Juazeiro BA 1944). Pintor, ilustrador e poeta. Transfere-se, em 1958, para a cidade de São Paulo. Na capital paulista, freqüenta o ateliê de Romano Abedante entre 1962 e 1967. Paralelamente, começa a participar de mostras de arte, entre as quais o Salão Livre da Associação Paulista de Belas Artes, em 1965. Em 1969, ganha o concurso para criação do cartaz do 34º Salão Paulista de Belas Artes, evento no qual também expõe. Em 1971, passa a freqüentar a Feira de Arte e Artesanato da Praça da República. Em 1974 e em 1976, expõe na Bienal Nacional, na Fundação Bienal. Em 1978, trabalha na organização da 16ª Arte e Pensamento Ecológico, realizada na Cetesb, em São Paulo. No ano seguinte, cria o ARS Grupo, que tem como objetivo divulgar arte em asilos, igrejas e penitenciárias. Em 1981, participa da 16ª Bienal Internacional de São Paulo. Entre 1985 e 1987, participa da mostra Por La Liberación, que percorre mais de dez países. Desde os anos 60, publica poesias e crônicas em jornais e revistas. Em 1985, publica a revista Como Se Faz Pintura, pela Editora Três. Em 1988, publica o livro Somos Cromos Somos, pela Editora Folhia de Poesia de Ventura de La Fuente. Também trabalha como membro de seleção e premiação de diversos salões de arte, entre os quais o Salão de Artes de Itu, São Paulo, nas edições de 1977 e 1978, e a 2ª Bienal de Artes Plásticas do Círculo Militar, realizada em 1980. Em 1987, ministra curso de pintura na Oficina de Arte do Sesi, em São Paulo.

Obras 11

Abrir módulo

Exposições 85

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 6

Abrir módulo
  • ACENCIO. Paulo Acencio. Penápolis : Itaugaleria, 1984. 1 folha il. p&b.
  • ACENCIO: cibernergia. São Paulo: Hilton Hotel, 1988.
  • ACENCIO: fantasy art. Apresentação de Ciocena. s.l., s. ed. , 1990.
  • EXPOSIÇÃO COLETIVA DE ARTES PLÁSTICAS DE ARARAQUARA, 6., 1986, Araraquara, SP. VI Exposição Coletiva de Artes Plásticas de Araraquara. Araraquara: Biblioteca Pública Municipal Mário de Andrade, 1986.
  • PAULO Acencio: realismo introspectivo. s.l., s. ed. , 1983.
  • SEIS pintores. Apresentação de Adriano Colangelo. São Paulo: Galeria de Arte do SESI, 1984.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: