Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

J. R. Duran

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 03.02.2021
22.07.1952 Espanha / Catalunha / Barcelona

Sem Título, 1996
J. R. Duran
Matriz-negativo

José Ruaix Duran (Barcelona, Espanha, 1952). Fotógrafo. Muda-se para o Brasil em 1970, radicando-se em São Paulo, onde cursa jornalismo na Faculdade Anhembi. Começa sua carreira na década de 1970, como assistente de diversos fotógrafos e freelancer para a Editora Abril. Em 1980, monta seu próprio estúdio e passa a colaborar com importantes revis...

Texto

Abrir módulo

José Ruaix Duran (Barcelona, Espanha, 1952). Fotógrafo. Muda-se para o Brasil em 1970, radicando-se em São Paulo, onde cursa jornalismo na Faculdade Anhembi. Começa sua carreira na década de 1970, como assistente de diversos fotógrafos e freelancer para a Editora Abril. Em 1980, monta seu próprio estúdio e passa a colaborar com importantes revistas nacionais e algumas publicações internacionais, especialmente a revista Playboy. Atende a agências publicitárias, como DPZ, DM9, W-Brasil etc. Especializa-se nos campos da fotografia de moda, de nus femininos e de publicidade, e se consagra como um dos profissionais mais reconhecidos e requisitados do país. Ganha dez Prêmios Abril de Fotojornalismo, passando a ser hors concours desse prêmio, e recebe três prêmios consecutivos Multimoda. Em 1984, realiza sua primeira exposição, Beijos Roubados, na Galeria Paulo Figueiredo, São Paulo, e na prefeitura de Mataró, Barcelona. Em 1989, muda-se para Nova York e amplia sua clientela, passando a trabalhar para o mercado europeu e norte-americano. Retorna a São Paulo em 1995, quando, além de fotografar, dirige comerciais para televisão e edita a revista Freeze, cuja periodicidade quadrimensal é voltada para um público dirigido. Entre seus livros de fotografia estão J. R. Duran: 18 Photos (1991) e Cadernos Etíopes (2008), em que registra tribos do vale do rio Omo. Já escreveu dois romances no estilo noir, Lisboa (2002) e Santos (2006), que fazem parte de uma trilogia.

Obras 1

Abrir módulo

Exposições 19

Abrir módulo

Feiras de arte 2

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 30

Abrir módulo
  • CAIXA DE CULTURA FOTOGRAFIA. São Paulo: Itaú Cultural, 2000.
  • CARBONCINI, Anna (coord.). Coleção Pirelli / MASP de Fotografias: v. 1. Versão em inglês Kevin M. Benson Mundy. São Paulo: Masp, 1991.
  • CESAR, Newton; PIOVANI, Marco. J. R. Duran. In: Making of - revelações sobre o dia-a-dia da fotografia. São Paulo: Futura, 2003, p. 204-221.
  • DURAN, J. R. As melhores fotos. São Paulo: Sver&Boccato Editores, 1988.
  • FOTOGRAFIA EM REVISTA. São Paulo: Faap, Editora Abril, 2009.
  • Fotoptica, nº 126, dezembro de 1985.
  • Fotoptica, nº 135, dezembro de 1987.
  • Fotoptica, nº 86, 1980.
  • Gráfica, nº 1, setembro de 1983.
  • Interview, julho de 1994.
  • Iris, nº 314, maio de 1979.
  • Iris, nº 443, abril de 1991.
  • IrisFoto, nº 374, setembro de 1984.
  • Irisfoto, nº 377, dezembro de 1984.
  • Irisfoto, nº 393, junho de 1986.
  • Irisfoto, nº 406, agosto de 1987.
  • Irisfoto, nº 414, maio de 1988.
  • MENDES, Ricardo. J. R. Duran. In: Retratos do imaginário paulista: retrato e imaginário. São Paulo: Fomarte, p. 124.
  • Man, nº 4, fevereiro de 1988.
  • Naum, nº 4, abril de 1986.
  • Playboy, dezembro de 1993.
  • Programa do Espetáculo - O Rei Devasso - 1984.
  • Propaganda, nº 532, fevereiro de 1996.
  • REIS, Manuel. J. R. Duran. Revista IrisFoto, n. 377, dez. 1984.
  • Trip, nº 50, setembro de 1996.
  • Veja, nº 1, janeiro de 1988.
  • Vogue, nº 208, outubro de 1994.
  • Vogue, nº 209, novembro de 1994.
  • Zoom, nº 120, fevereiro de 1986.
  • Zoom, vol. 11, maio. de 1986.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: