Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Música

Alex Klein

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 07.02.2017
1964 Brasil / Rio Grande do Sul / Porto Alegre
Alex Klein (Porto Alegre RS 1964). Oboísta e regente. Começa os estudos musicais aos nove anos de idade, debutando como solista em 1975, com a Orquestra Sinfônica Jovem de Curitiba. Entra para a Camerata Antiqua de Curitiba dois anos mais tarde, ingressando, em 1984, no Oberlin Conservatory of Music, em Ohio (EUA), onde é aluno de James Caldwell...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Alex Klein (Porto Alegre RS 1964). Oboísta e regente. Começa os estudos musicais aos nove anos de idade, debutando como solista em 1975, com a Orquestra Sinfônica Jovem de Curitiba. Entra para a Camerata Antiqua de Curitiba dois anos mais tarde, ingressando, em 1984, no Oberlin Conservatory of Music, em Ohio (EUA), onde é aluno de James Caldwell. Vence diversos concursos nacionais e internacionais, com destaque para o Lucarelli, em Nova York, em 1986, e o Concurso Internacional de Genebra, em 1988, onde é o primeiro oboista a receber esse prêmio. De 1995 a 2004, ocupa o cargo de solista de oboé da Orquestra Sinfônica de Chicago. Um distúrbio neurológico raro, a distonia focal, força-o a abandonar a carreira de músico de orquestra. Paralelamente à atuação como oboísta, Klein passa então a reger. Entre 2010 e 2011, ocupa a direção artística do Theatro Municipal de São Paulo. Em 2012, assume a chefia da Orquestra Sinfônica da Paraíba, que acumula, a partir de 2013, com o comando da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. É diretor artístico da Oficina de Música de Curitiba (2001-2005), da Oferenda Musical - Festival Internacional de Música de Câmara de São Paulo (2007-2010) e do Femusc - Festival de Música de Santa Catarina, em Jaraguá do Sul (a partir de 2006). Trabalha em conjunto com a fábrica F. Lorée, em Paris, pelo aperfeiçoamento das condições técnicas do oboé.

Análise

É um dos principais oboísta brasileiro, com uma expressiva carreira internacional, apresentando-se como solista com sinfônicas como Orquestra de Filadélfia e Orchestre de la Suisse Romande, dividindo o palco com instrumentistas como Pinchas Zukerman e Itzhak Perlman, e atuando com regentes como Pierre Boulez, Sir Georg Solti e Plácido Domingo.

Em 2002, vence o Grammy na categoria Melhor Solista Instrumental com Orquestra, por sua gravação do Concerto para oboé de Richard Strauss, com a Orquestra Sinfônica de Chicago, regida por Daniel Barenboim, para o selo Teldec.

Como solista, sua discografia inclui ainda os concertos para oboé de Vivaldi, com o New Brandemburg Collegium, regido por Anthony Newman, para o selo Cedille. Em abril de 2011, na revista britânica Gramophone, o crítico Ken Smith afirma que "é possível ouvir essa gravação repetidamente, e raramente deixar os ouvidos se afastarem de Klein, que interpreta as melodias com charme musical, e se desembaraça das exigências técnicas graciosamente, e sem esforço"1.

Para a mesma empresa, Klein registra uma série de álbuns, com parceiros como Ricardo Castro (piano), a Orquestra Sinfônica Nacional Tcheca e o regente Paul Freeman, em vasto repertório, incluindo obras de Britten, Bliss, Hindemith, Hummel, Klughardt, Krommer, Loeffler, Martinu, Molique, Moscheles, Sydor, Felix White e Marco Aurélio Yano2.

Notas

1 The World's Leading Classical Music Group. Disponível em: http://www.naxos.com/reviews/reviewslist.asp?catalogueid=CDR7003&languageid=EN Acesso em: 20 ago. 2013.

2 Alex Klein, oboe. Disponível em: http://cedillerecords.org/music/product_info_related.php?products_id=172 Acesso em: 20 ago. 2013.

Fontes de pesquisa 5

Abrir módulo
  • ALEX KLEIN. Site do artista. Disponível em: http://www.alexklein.com.br. Acesso em: 15 maio 2013.
  • HUNDLEY, Tom. Despite disorder, musician finds way to play. New York: 2010. The New York Times, Music, 12 de junho de 2010.
  • MARTINS, Sergio. A vida depois do oboé. São Paulo: 2005. Veja, Música, edição 1902, 27 de abril de 2005.
  • PERPETUO, Irineu Franco. Principal oboísta brasileiro, Klein assume regência da OSM. São Paulo: 2010. Folha de São Paulo, Ilustrada, 2 de outubro de 2010.
  • WAKIN, Daniel J. Oboist afflicted by hand trouble enjoys reunion with Chicagoans. New York: 2005. The New York Times, Arts, 3 de novembro de 2005.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: