Artigo da seção pessoas Manoel Camilo dos Santos

Manoel Camilo dos Santos

Artigo da seção pessoas
Literatura / música  
Data de nascimento deManoel Camilo dos Santos: 09-06-1905 Local de nascimento: (Brasil / Paraíba / Guarabira) | Data de morte 06-03-1979 Local de morte: (Brasil / Paraíba / Campina Grande)

Biografia

Manoel Camilo dos Santos (Guarabira, Paraíba, 1905 - Campina Grande, Paraíba, 1979). Repentista, compositor, violeiro. Começa a atuar como cantador em João Pessoa, no período de 1936 a 1940. Até então, havia trabalhado como comerciante ambulante, cabo de rodagem e marceneiro. Em 1942 instala, em sua cidade natal, uma pequena e rudimentar tipografia, a Folhetaria Santos. O primeiros folhetos publicados foram O Romance de Abel com Margarida e Peleja com Pedro Simão. Em 1953 a folhetaria foi transferida para Campina Grande, com o nome A Estrela da Poesia. Em 1955 é publicado seu folheto O Sabido sem Estudo; em 1956, é a vez de Viagem a São Saruê, por ventura seu folheto mais famoso, que é traduzido para o francês. Em 1962, Santos cadidata-se a deputado estadual pelo Partido Republicano. Em 1975 recebe o diploma de melhor poeta popular do Brasil e prêmio de cinco mil cruzeiros concedidos pela Universidade Regional do Nordeste, em Campina Grande. Manoel Camilo dos Santos, repentista, violeiro e autor de mais de 80 folhetos, é um dos maiores nomes da literatura de cordel. Segundo Orígenes Lessa (1903 - 1986), o poeta é "uma das mais extraordinárias figuras dessa literatura tão rica de colorido e tão inesperada de beleza e de inspiração".

Outras informações de Manoel Camilo dos Santos:

  • Habilidades
    • Compositor
    • Violeiro
    • Repentista
    • Cordelista

Fontes de pesquisa (4)

  • LESSA, Orígenes. Getúlio Vargas na literatura de cordel. Rio de Janeiro: Ed. Documentário, 1973. p.15.
  • LESSA, Orígenes. Primeira visita a Manuel Camilo. Segunda visita a Manuel Camilo. Final melhor para São Saruê. In: ___. A voz dos poetas: 1a. série. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1984. p.50-78. (Literatura popular em verso. Estudos. Nova série, 6).
  • MANOEL Camilo dos Santos. In: ANTOLOGIA da literatura de cordel. Org. Sebastião Nunes Batista. Natal: Fundação José Augusto, 1977. p.295-299.
  • MANOEL Camilo dos Santos. In: LITERATURA de cordel: antologia. Org. e notas José de Ribamar Lopes. 2.ed. Fortaleza: Banco do Nordeste do Brasil, 1983. p.625-639. (Monografia, 14).

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • MANOEL Camilo dos Santos. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa5875/manoel-camilo-dos-santos>. Acesso em: 27 de Nov. 2020. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7