Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Leandro Gomes de Barros

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 10.04.2017
19.11.1865 Brasil / Paraíba / Pombal
04.03.1918 Brasil / Pernambuco / Recife
Leandro Gomes da Nóbrega (Pombal, PB, 1865 - Recife, PE, 1918). Cordelista. Nasce em Pombal, Paraíba, na fazenda Melancia, e é sobrinho materno do padre Vicente Xavier de Farias (1822- 1907), que ajuda a criá-lo. Sua relação com o tio, entretanto, não é fácil, o que faz com que fuja de casa com 11 anos, por causa dos maus-tratos que sofre. Muda ...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Leandro Gomes da Nóbrega (Pombal, PB, 1865 - Recife, PE, 1918). Cordelista. Nasce em Pombal, Paraíba, na fazenda Melancia, e é sobrinho materno do padre Vicente Xavier de Farias (1822- 1907), que ajuda a criá-lo. Sua relação com o tio, entretanto, não é fácil, o que faz com que fuja de casa com 11 anos, por causa dos maus-tratos que sofre. Muda seu sobrenome de Nóbrega para Barros depois de ter sido prejudicado pelo padre na partilha dos bens da família. Na infância, mora em Teixeira, Paraíba, onde convive com diversos violeiros, até que, em 1880, a família se muda para Vitória de Santo Antão, Pernambuco. Em 1889, começa a publicar seus versos, sendo um dos pioneiros da literatura de cordel. Produzindo de maneira intensa e independente, adquire, em 1906, uma pequena gráfica para imprimir e distribuir os próprios trabalhos. Com sua morte, o genro e escritor Pedro Batista (1890-1938) obtém os direitos de publicação de sua obra. Porém, três anos depois, a viúva de Barros, Venustiniana Eulália de Souza, vende esses direitos para o editor e poeta João Martins de Ataíde (1880-?), que passa a publicar os textos sem creditar-lhe a autoria e fazendo alterações nos originais, o que torna difícil compilação da obra de Barros, estimada em mais de 600 títulos.

Fontes de pesquisa 2

Abrir módulo
  • BATISTA, Sebastião Nunes. Bibliografia prévia de Leandro Gomes de Barros. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, 1971. (Coleção Rodolfo Garcia).
  • MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA (MEC). Literatura popular em verso: antologia, tomo II. Prefácio de Homero Senna. Introdução à obra de Leandro Gomes de Barros, de Horácio de Almeida. Rio de Janeiro: Fundação Universidade Regional do Nordeste, 1976. (Coleção de Textos da Língua Portuguesa Moderna, vol. 4.).

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: