Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Fernando Velazquez

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 21.10.2019
02.01.1970 Uruguai / a definir / Montevidéu
Fernando Velázquez (Montevidéu, Uruguai, 1970). Artista multimídia. Estuda música, mas forma-se em arquitetura em Montevidéu. Radicado no Brasil, torna-se mestre em moda, arte e cultura pelo Senac de São Paulo. Faz pós-graduação em vídeo e tecnologias on e off-line pelo Media Center d'Art i Disseny em Barcelona. Produz instalações, vídeos, perfo...

Texto

Abrir módulo

Fernando Velázquez (Montevidéu, Uruguai, 1970). Artista multimídia. Estuda música, mas forma-se em arquitetura em Montevidéu. Radicado no Brasil, torna-se mestre em moda, arte e cultura pelo Senac de São Paulo. Faz pós-graduação em vídeo e tecnologias on e off-line pelo Media Center d'Art i Disseny em Barcelona. Produz instalações, vídeos, performances e objetos interativos com imagens criadas a partir com algoritmos.

Pesquisador de diversas linguagens, suas referências são encontradas na arquitetura sensorial do japonês Tadao Ando (1941) e na obra do artista minimalista americano Dan Flavin (1933-1996). Do primeiro, destaca-se a relação entre os elementos arquitetônicos com o entorno; do segundo, a amplitude luminosa do ambiente em que se encontram as instalações.

Velázquez participa de exposições no Brasil e no exterior como a 7a Bienal do Mercosul (2009), a 14a WRO Media Art Biennale (2011), Polônia, e o Mapping Festival (2011) na Suíça. Obtém o prêmio Mídias Locativas (2008) e o Prêmio Sergio Motta (2009), pelo festival Arte.Mov. Tem obra comissionada pelo Instituto Itaú Cultural para a Bienal de Arte e Tecnologia Emoção Art.ficial, edição 6.0 em 2012, e seus trabalhos fazem parte de coleções públicas. Entre elas, a Fundação Bienal de Cerveira em Portugal, a Fundación Luis Seoane na Espanha e o Museu de Arte do Rio (MAR/RJ). Também trabalha como curador de exposições e espaços de arte, como o Red Bull Station em São Paulo (2015).

 

Análise 

A produção de Fernando Velázquez utiliza algoritmos e processos gerativos da programação computacional em uma estética atrelada ao uso de mídias convergentes, especialmente videoarte e outros sistemas digitais.

Se a mediação da realidade por aparatos técnicos é motor propulsor em sua obra, ela também é o que viabiliza a construção de paisagens. Com este procedimento, destaca-se o objeto-interativo Paisagem Discreta (2008-2011), que usa um computador conectado a uma televisão de plasma de 50" e uma pequena câmera-web, alocadas em uma estrutura de madeira que remete à caixas fabricadas para o transporte de obras de arte. A relação entre espectador e obra estabelece-se pela execução de um programa de computador criado para que a captura do som ambiente transforme-se em imagens geradas e apresentadas em tempo real. Isso significa que, quando o ambiente está em silêncio, a imagem deixa de ser renderizada. As formas geométricas das imagens também tem o número de facetas redimensionadas de acordo com o volume do som.

Ao apresentar o cruzamento da arte com outras áreas do conhecimento, a poética recorre à questões como sincronia e aleatoriedade, repetição e distinção. Nesta edição de padrões que descrevem a relação entre o ser humano e a obra, a retomada de temas frequentes da história da arte, como retratos e paisagens, é discutida sob paradigmas contemporâneos.

Exposições 14

Abrir módulo

Feiras de arte 3

Abrir módulo

Festivais 1

Abrir módulo

Performances 2

Abrir módulo

Workshops 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 5

Abrir módulo
  • BASTOS, Marcus. Entre engenho e plástica: uma poética que busca plasmar imaterialidades Marcus Bastos. In: BASTOS, Marcus; BARRO, Davis; FERRAN, Bronac. Dardo Magazine, Santiago de Compostela, 2012.
  • BASTOS, Marcus; BARRO, Davis; FERRAN, Bronac. Dardo Magazine, Santiago de Compostela, 2012.
  • BEIGUELMAN, Giselle. Fernando Velázquez. Select, São Paulo, n. 21, seção portfolio, 2014.
  • LEÃO, Lucia. Paisagens metafísicas: a arte como forma de pensamento. In: LEÃO, Lucia; VELÁZQUEZ, Fernando. Mindscapes, São Paulo, 2012.
  • MANEIRO, Maria. Fernando Velázquez, Arte em Streaming. Dardo Magazine, Santiago de Compostela Espanha, n. 25, 2014.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: