Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

João Antônio

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 23.02.2021
27.01.1937 Brasil / São Paulo / São Paulo
31.10.1996 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
João Antônio Ferreira Filho (São Paulo, São Paulo, 1937 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1996). Contista, cronista, jornalista. É criado no bairro proletário de Presidente Altino, Osasco. Desde os 8 anos trabalha para ajudar a família, primeiro auxiliando o pai em sua pequena mercearia e, em seguida, como office-boy, almoxarife, etc. Ingressa, ...

Texto

Abrir módulo

João Antônio Ferreira Filho (São Paulo, São Paulo, 1937 - Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1996). Contista, cronista, jornalista. É criado no bairro proletário de Presidente Altino, Osasco. Desde os 8 anos trabalha para ajudar a família, primeiro auxiliando o pai em sua pequena mercearia e, em seguida, como office-boy, almoxarife, etc. Ingressa, em 1958, no curso de jornalismo da Faculdade Cásper Líbero, sem concluí-lo. Dois anos depois, um incêndio em sua casa destrói os manuscritos de Malagueta, Perus e Bacanaço, reescrito, segundo narram, na cabine 27 da Biblioteca Municipal Mário de Andrade, em São Paulo. Publicado em 1963, a boa repercussão do livro transforma sua vida: transfere-se para o Rio de Janeiro, convidado a trabalhar como redator especial no caderno de cultura do Jornal do Brasil, e inicia intensa atividade na imprensa. Participa, em 1966, da equipe fundadora da revista Realidade, onde desenvolve uma forma original de texto jornalístico, o conto-reportagem. Trabalha ainda na revista Manchete, no jornal Pasquim e em diversos órgãos da imprensa alternativa. Em 1987, recebe uma bolsa para residir em Berlim e realiza palestras em cidades da Alemanha, Holanda e Polônia. Em 1996, é encontrado morto em seu apartamento no Rio de Janeiro. Recriando a linguagem das ruas, sua obra aborda o universo de tipos urbanos marginalizados. Seus contos já foram publicados em antologias e revistas de diversos países, como Alemanha, França, Portugal e República Tcheca.

Obras 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 5

Abrir módulo
  • BOSI, Alfredo. Um boêmio entre duas cidades. In: Abraçado ao meu rancor. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986.
  • MARTINS, Wilson. Prefácio. In: ANTÔNIO, João. Casa de loucos. 4. ed. revista pelo autor, Rio de Janeiro: Rocco, 1994.
  • REVISTA Remate dos Males, nº 19. Edição dedicada a João Antônio. Campinas: Unicamp, 1999.
  • RIBEIRO NETO, João da Silva. João Antônio. São Paulo: Abril Educação, 1981.
  • SEVERIANO, Mylton. Paixão de João Antônio. São Paulo: Casa Amarela, 2006.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: