Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Marcos Rey

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 11.04.2017
17.02.1925 Brasil / São Paulo / São Paulo
01.04.1999 Brasil / São Paulo / São Paulo
Edmundo Donato (São Paulo, São Paulo, 1925 - São Paulo, São Paulo, 1999). Autor de literatura juvenil, romancista, contista, cronista, roteirista, dramaturgo e jornalista. Filho de um gráfico-encadernador que trabalhara na editora do escritor Monteiro Lobato (1882 - 1948), e irmão do escritor Mário Donato (1915 - 1992). Aos 17 anos publica, com ...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Edmundo Donato (São Paulo, São Paulo, 1925 - São Paulo, São Paulo, 1999). Autor de literatura juvenil, romancista, contista, cronista, roteirista, dramaturgo e jornalista. Filho de um gráfico-encadernador que trabalhara na editora do escritor Monteiro Lobato (1882 - 1948), e irmão do escritor Mário Donato (1915 - 1992). Aos 17 anos publica, com o pseudônimo Marcos Rey, seu primeiro conto, Folha da Manhã. Após uma experiência como redator free-lance em jornal, transfere-se para a Rádio Excelsior e mais tarde para a Rádio Nacional. Pioneiro na televisão brasileira, ajuda na criação da linguagem própria desse veículo - seja em telenovelas, como A Moreninha, seja em programas destinadas ao público infantil, como na recriação do Sítio do Pica-Pau Amarelo, de Monteiro Lobato, para a Rede Globo, entre 1978 e 1985. Sua estréia literária ocorre com o romance Um Gato no Triângulo, em 1953. Em 1966 abandona a profissão de redator de publicidade para se dedicar à literatura. A partir de 1980, quando lança Não Era uma Vez, publica, até 1997, um título por ano dedicado ao público juvenil. Morre em 1º de abril de 1999, em São Paulo.

Eventos relacionados 3

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 5

Abrir módulo
  • BORELLI, Silvia Helena Simões. Ação, suspense, emoção: literatura e cultura de massa no Brasil. São Paulo: Educ: Estação Liberdade, 1996.
  • FERREIRA, Claudiney; VASCONCELOS, Jorge. Marcos Rey. In: Certas palavras. São Paulo: Estação Liberdade: Secretaria de Estado da Cultura, 1990.
  • LUCAS, Fábio. Marcos Rey, arquiteto do conto bem urdido. In: Os melhores contos de Marcos Rey. São Paulo: Global, 1999. (Os Melhores Contos, 26).
  • MARANHÃO, Carlos. Maldição e glória: a vida e o mundo do escritor Marcos Rey. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.
  • Programa do Espetáculo - A Próxima Vítima - 1967. Não catalogado

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: