Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Calasans Neto

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
11.11.1932 Brasil / Bahia / Salvador
30.04.2006 Brasil / Bahia / Salvador
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Parceiros da Paz, 1989
Calasans Neto
Óleo sobre tela, c.i.e.
100,00 cm x 100,00 cm

José Júlio Calasans Neto (Salvador BA 1932 - idem 2006). Pintor, gravador, ilustrador, desenhista, entalhador e cenógrafo. Estuda pintura com Genaro de Carvalho. Na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, UFBA, tem aulas de gravura com Mario Cravo Júnior. Em Salvador funda, com outros artistas, a Jogralesca (teatralização de poem...

Texto

Abrir módulo

José Júlio Calasans Neto (Salvador BA 1932 - idem 2006). Pintor, gravador, ilustrador, desenhista, entalhador e cenógrafo. Estuda pintura com Genaro de Carvalho. Na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia, UFBA, tem aulas de gravura com Mario Cravo Júnior. Em Salvador funda, com outros artistas, a Jogralesca (teatralização de poemas), a revista Mapa e a Editora Macunaíma. Especializa-se em gravura em metal e madeira e empenha-se na relação da gravura com a cultura popular e o cordel. Entre 1956 e 1965, cria cenários para produções como Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, e Eles Não Usam Black-Tie, de Gianfrancesco Guarnieri. Ilustra romances como Tereza Batista Cansada de Guerra e Tieta do Agreste, de Jorge Amado. Nos anos 80 passa a dedicar-se também à pintura. 

Obras 5

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Dois Alados

Acrílica sobre tela

Exposições 42

Abrir módulo

Feiras de arte 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 37

Abrir módulo
  • 12 ARTISTAS brasileiros. Salvador: Anarte, 1987.
  • ALVES, Castro, MASCARENHAS, Maria da Graça (org. ). Castro Alves poesias. Apresentação Claudius Portugal; prefácio Eduardo Portella; fotografia Mário Cravo Neto. Rio de Janeiro : Odebrecht, Fundação Banco do Br. 275p. il. , figs. , fo.
  • AMADO, Jorge. Tereza Batista cansada de guerra romance. Ilustração Calasans Neto. 28. ed. Rio de Janeiro : Record, 1992. 459p. il. p. b.
  • AMADO, Jorge. Tieta do Agreste pastora de cabras. Ilustração Calasans Neto. 21. ed. Rio de Janeiro : Record, 1989. 591p. il. p. b.
  • ARTISTAS da Bahia. Apresentação de Luis Martins. São Paulo: A Galeria, 1967.
  • ARTISTAS da Bahia. São Paulo : A Galeria, 1967.
  • BAIANOS em Brasília. Brasília: Casa da Manchete, 1986.
  • BRASIL: arte do Nordeste. Rio de Janeiro: Spala, 1986.
  • CALASANS NETO. Calasans Neto. Fotografia Madalena Schwartz. Paris : Inter-Continental, 1982. folha dobrada il. color. p. b.
  • CALASANS NETO. Calasans Neto. Texto Calasans Neto; comentário Odorico Tavares; texto Glauber Rocha; comentário Mario Cravo Júnior. s.l. : s. n. , 1959. folha dobrada il. p. b.
  • CALASANS NETO. Calazans Neto 30 wood-engravings. Apresentação Antonio Olinto. London : Kendal & Dent Ltd. , 1974. [2 p. ] il. p. b.
  • CALASANS NETO. Calazans Neto e "Tereza Batista cansada de guerra", de Jorge Amado. Lisboa : s. n. , 199-. [2 p. ] il. p. b.
  • CALASANS NETO. Gravuras. Texto Glauber Rocha, Fernando da Rocha Peres, Carlos Drummond de Andrade. Salvador : Casa da Palavra, 1998. 120 p. il. p. b. (Casa de Palavras. Desenhos, 2). 85-7278-036-X.
  • CALASANS NETO. Lagoa & mar. Texto Wilson Rocha; design Sergio Laks. Salvador : Museu de Arte Moderna da Bahia, 1998. [10] p. il. p. b.
  • CALASANS NETO. Metamorfose dos habitantes da lagoa pinturas. Texto Myriam Fraga; fotografia José Carlos de Almeida. Salvador : Escritório de Arte da Bahia, 1985. [16 p. ] il. color.
  • CALASANS NETO. Paintings and monoprints. Texto John P. Dwyer; fotografia Bruno Furrer. Washington : Washington World Gallery, 1981. folha dobrada il. color. p. b.
  • COLETIVA de artistas baianos. Salvador: Galeria de Arte Alberto Bonfiglioli, 1982.
  • COLETIVA de inauguração: Galeria Grossman. São Paulo: Galeria Grossman, 1980.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • ECO art. Tradução Angela Brant Ribeiro, Maria Luiza Crespo; tradução Milena Guinle; apresentação Julio Bozano; comentário Geraldo Edson de Andrade; comentário Charles Merewether. Rio de Janeiro : Spala, 1992. 288 p. il. color. 85-7048-042-3.
  • EXPRESSIONISMO no Brasil: heranças e afinidades. Apresentação de Roberto Muylaert e Sheila Leirner. São Paulo: Fundação Bienal, 1985. (XVIII Bienal Internacional de São Paulo, 1985).
  • FUNDAÇÃO Casa de Jorge Amado (Salvador, BA). Os Ilustradores de Jorge Amado. Salvador : Fundação Casa de Jorge Amado, 1988. s. p. il.
  • GORDILHO, Viga (Coord.). Um Brinde ao café: exposição de xícaras criadas por artistas e mostras de coleções particulares de xicaras em vários estilos e épocas. Salvador: Espaço Cafelier, 1997. 1 f. dobr. il.
  • GRAVURA moderna brasileira: acervo Museu Nacional de Belas Artes. Curadoria Rubem Grilo. Rio de Janeiro: Museu Nacional de Belas Artes, 1999.
  • GRAVURA: arte brasileira do século XX. São Paulo: Itaú Cultural: Cosac & Naify, 2000.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • IMPRESSÕES: a arte da gravura brasileira. Curadoria Heloísa de Queiroz Telles Arrobas Martins. São Paulo: Espaço Cultural Banespa - Paulista, 1998.
  • MOSTRA DE GRAVURA CIDADE DE CURITIBA, 6., 1984. VI Mostra de Gravura Cidade de Curitiba: 1984 - Pan-Americana. Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba, 1984.
  • MOSTRA RIO GRAVURA, 1999, Rio de Janeiro. Mostra Rio Gravura: catálogo geral dos eventos. Tradução Stephen Berg. Rio de Janeiro: Prefeitura Municipal, 1999.
  • PANORAMA DE ARTE ATUAL BRASILEIRA, 1971, São Paulo, SP. Panorama de Arte Atual Brasileira 1971: desenho, gravura. São Paulo: MAM, 1971.
  • PANORAMA da Arte Atual Brasileira : arte sobre papel. Curadoria Alberto Beuttenmüller. São Paulo : MAM, 1984.
  • PORTUGAL, Claudius. Outras cores 27 artistas da Bahia - reportagens plásticas. Salvador: Fundação Casa de Jorge Amado, 1994. (Casa de palavras).
  • ROCHA, Carlos Eduardo da. Amador das artes: 50 anos de crítica das artes. Salvador: Prova do Artista, 1992. 120 p. il. p&b.
  • RUA Alagoinhas, 33 Rio Vermelho. Texto Jorge Amado, Gilberbert Chaves, Paloma Jorge Amado Costa; fotografia Adenor Gondim; arte Pedro Costa. Salvador : Fundação Casa de Jorge Amado, 1999. 157 p. fotos color. , p. &b.
  • SALÃO PAULISTA DE ARTE MODERNA, 9., 1960, São Paulo. 9º Salão Paulista de Arte Moderna. São Paulo: Galeria Prestes Maia, 1960.
  • SCALDAFERRI, Sante. Os primórdios da arte moderna na Bahia: depoimentos, textos e considerações em torno de José Tertuliano Guimarães e outros artistas. Salvador: Fundação Casa de Jorge Amado, 1997. (Casa de Palavras. Memória, 2).
  • XILOGRAVURA : do cordel à galeria. São Paulo : Metrô, 1994. 36 p. il. p&b.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: