Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Jenner Augusto

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 27.03.2017
11.11.1924 Brasil / Sergipe / Aracaju
02.03.2003 Brasil / Bahia / Salvador
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Natureza-Morta com Garrafas, 1985
Jenner Augusto
Óleo sobre tela, c.i.d.
61,00 cm x 42,00 cm

Jenner Augusto da Silveira (Aracaju SE 1924 - Salvador BA 2003). Pintor, cartazista, ilustrador, desenhista, gravador. Reside em diversas cidades de Sergipe. Na cidade de Lagarto realiza cartazes para o cinema local. Em Laranjeiras, por volta de 1940, estuda a pintura de Horácio Hora. Volta a morar em Aracaju em 1944, quando se dedica à pintura ...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Jenner Augusto da Silveira (Aracaju SE 1924 - Salvador BA 2003). Pintor, cartazista, ilustrador, desenhista, gravador. Reside em diversas cidades de Sergipe. Na cidade de Lagarto realiza cartazes para o cinema local. Em Laranjeiras, por volta de 1940, estuda a pintura de Horácio Hora. Volta a morar em Aracaju em 1944, quando se dedica à pintura e trabalha no comércio. Em 1949, realiza gratuitamente painéis, em estilo modernista, para a decoração do Bar Cacique. Em 1949, muda-se para Salvador, e trabalha como assistente no ateliê de Mario Cravo Júnior. Nessa época, participa com Lygia Sampaio e Rubem Valentim da polêmica mostra Novos Artistas Baianos, realizada no Instituto Histórico e Geográfico da Bahia. Desenvolve na cidade alguns trabalhos plásticos sob encomenda, destacando-se o afresco Evolução do Homem, para o Centro Educacional Carneiro Ribeiro, realizado entre 1953 e 1954. Viaja ao Rio de Janeiro para expor individualmente, e conhece Candido Portinari e José Pancetti, que o recomendam à crítica e aos colecionadores. Conhece ainda James e Jorge Amado. Na década de 1960, pinta constantemente o bairro de Alagados e paisagens de Salvador. Em 1966, recebe convite para inaugurar a mostra Baianos na Filadélfia. No ano seguinte, viaja por França, Itália, Holanda, Inglaterra e Bélgica, onde conhece Paul Delvaux. Nas viagens, faz anotações, estudos e desenhos, editando-os em um álbum, publicado em 1970. Ilustra o livro de Jorge Amado Tenda dos Milagres. Há pelo menos três livros sobre sua obra: Jenner: A Arte Moderna da Bahia, de Roberto Pontual, editado pela Editora Civilização Brasileira, Os Alagados de Jenner, um álbum com cinco serigrafias e texto de Adonias Filho, editado pela Ranulpho Editora de Arte, e um livro-álbum denominado Jenner, com reproduções de sua obra, em cores e preto-e-branco, desde os primeiros trabalhos, publicado pela Imprensa Oficial da Bahia.

Obras 23

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

A Fumaça

Óleo sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida
Reprodução Fotográfica Autoria Desconhecida

Alagados

Óleo sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Alagados

Óleo sobre tela

Exposições 110

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 10

Abrir módulo
  • ARTE brasileira do século XX: Galeria Eliseu Visconti: pinturas e esculturas. Rio de Janeiro: MNBA, 1984.
  • BARSANTE, Cássio Emmanuel. Santa Rosa em cena. Orlando Miranda de Carvalho. Rio de Janeiro, MEC, Instituto Nacional de Artes Cênicas, 1982. (Memória, 2). Bibliografia: p. 188-199.
  • JENNER Augusto. Apresentação de Geraldo Edson de Andrade. São Paulo: Galeria de Arte André, 1987.
  • JENNER Augusto. Apresentação de Jacob Klintowitz. São Paulo: A Galeria, 1981.
  • JENNER Augusto. Apresentação de Jacob Klintowitz. Texto de Olney Kruse. São Paulo: 10 Anos A Galeria, 1977.
  • JENNER Augusto. São Paulo : Galeria de Arte André, 1985.
  • JENNER Augusto: Pinturas Recentes. Salvador : Escritório de Arte da Bahia, 1988.
  • MOSTRA do acervo. São Paulo: Sudameris Galleria, 1996. p.04. SPsuda 1996/m
  • PONTUAL, Roberto. Jenner: a arte moderna na Bahia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1974. (Arte: Multicosmo, 2).
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. v. 1.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: