Artigo da seção pessoas Odair José

Odair José

Artigo da seção pessoas
Música  
Data de nascimento deOdair José: 16-08-1948 Local de nascimento: (Brasil / Goiás / Morrinhos)

Biografia

Odair José de Araújo (Morrinhos GO 1948). Compositor e cantor. Cresce ouvindo modas de viola e boleros. Com amigos de escola, monta o conjunto Monft para tocar Beatles e Rolling Stones. Torna-se crooner de bandas de baile aos 12 anos, depois muda-se para Goiânia e, em 1966, vai para o Rio de Janeiro, onde toca e canta em boates suburbanas e circos. Estreia em disco em 1970 na gravadora CBS, pela qual lança dois álbuns e o compacto simples com a canção Eu Vou Tirar Você Desse Lugar (1972). Na Polydor, grava Esta Noite Você Vai Ter que Ser Minha e Pense pelo Menos em Nossos Filhos (ambos do LP Assim Sou Eu..., 1972); Deixe Essa Vergonha de Lado; Eu, Você e a Praça; Uma Vida Só (Pare de Tomar a Pílula); Cadê Você; e Que Saudade de Você, do LP Odair José, de 1973. Participa do Phono 73, festival de música com o elenco da gravadora Phonogram, atual Universal, cantando com Caetano Veloso Eu Vou Tirar Você Desse Lugar. Por abordar temas tabus, tem diversas músicas censuradas pelo governo militar (Em Qualquer Lugar,

1973; Pare de Tomar a Pílula, 1973; A Primeira Noite de um Homem, 1974). Em 1977, com o disco conceitual O Filho de José e Maria, não consegue a mesma projeção dos discos anteriores. Na gravadora Continental, em 1978, retoma a temática que caracteriza seus primeiros álbuns: prostitutas, empregadas domésticas, sexo, divórcio, religiosidade, drogas, controle de natalidade e homossexualidade. Na primeira década dos anos 2000, lança apenas dois discos: um ao vivo e outro de inéditas, Só Pode Ser Amor, o 31º da carreira. Com o lançamento do livro Eu Não Sou Cachorro, Não - Música Popular Cafona e Ditadura Militar, de Paulo Cesar de Araújo, sua obra é revista e ganha versões e interpretações de Pato Fu, Picassos Falsos, Zeca Baleiro, Paulo Miklos, Mundo Livre S/A e Mombojó, no disco Vou Tirar Você Desse Lugar - Tributo a Odair José, de 2005.

Comentário Crítico

Odair José - fã e admirador dos Beatles, em especial de Paul McCartney, sua principal influência musical - é conhecido como um compositor brega romântico. Na virada na década de 1960 para 1970, começa a desenvolver um trabalho musical que se aproxima da estética folk rock, inspirado nas obras dos compositores norte-americanos Neil Diamond, Crosby, Still & Nash, do britânico Cat Stevens e do canadense Neil Young.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Odair José:

  • Outros nomes
    • Odair José de Araújo
  • Habilidades
    • Cantor/Intérprete
    • Compositor
    • Instrumentista

Eventos relacionados (2)

Fontes de pesquisa (10)

  • MEMÓRIA Musical. Site do Instituto Memória Musical Brasileira. Rio de Janeiro, 2007. Disponível em: < http://www.memoriamusical.com.br > Acesso em: 24.out.2009.
  • ARAÚJO, Paulo Cesar de. Eu Não Sou Cachorro, Não - Música Popular Cafona e Ditadura Militar. 3ª ed. - Rio de Janeiro: Record, 2002.
  • GAVIN, Charles; SOUZA, Tárik de; CALADO, Carlos; DAPIEVE, Arthur. 300 Discos Importantes da Música Brasileira. São Paulo: Ed. Paz e Terra, 2008.
  • JOSÉ, Odair. Odair José Mostra o "Outro Lado" da MPB. Entrevista concedida pelo artista a Ronaldo Evangelista, da Folha de S. Paulo. São Paulo: 03.mar.2006. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u58384.shtml. Acesso em 10.dez.2009.
  • JOSÉ, Odair. Odair José Volta ao Disco. Entrevista concedida a Elias Nogueira. s/d. Disponível em http://www.jovemguarda.com.br/entrevista-odair-jose.php. Acesso em 05.dez.2009.
  • JOSÉ, Odair. Entrevista concedida a Alexandre Matias, da Revista Bizz. Cotia, SP, 2006. Disponível em: < http://www.gardenal.org/trabalhosujo/2006/08/oj_silva.html> Acesso em: 24.out.2009.
  • ODAIR José. In: Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Site mantido pelo Instituto Cultural Cravo Albin. Rio de Janeiro, s/d. Disponível em: <http://www.dicionariompb.com.br>  Acesso em: 10.dez.2009.
  • Enciclopédia da música brasileira: erudita, folclórica, popular. Organização Marcos Antônio Marcondes. 2. ed., rev. ampl. São Paulo: Art Editora : Itaú Cultural, 1998.
  • SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A Canção no tempo I: 85 anos de músicas brasileiras (1901-1957). 2. ed. São Paulo: Editora 34, 1998. v. 1. 366 p. (Ouvido Musical) 
  • SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A Canção no tempo II: 85 anos de músicas brasileiras (1958-1985). São Paulo: Editora 34, 1998. v. 2. (Ouvido Musical)

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ODAIR José. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa531090/odair-jose>. Acesso em: 21 de Abr. 2021. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7