Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Alina Paim

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
10.10.1919 Brasil / Sergipe / Estância
Alina Leite Paim (Estância SE 1919). Romancista, autora de literatura infantil e juvenil e professora. Filha de Manuel Vieira Leite e Maria Portela de Andrade Leite. Aos 3 meses de idade, muda-se com a família para Salvador. Ao perder a mãe, transfere-se para Simão Dias, Sergipe, faz os estudos primários na Escola Menino Jesus, seguindo depois p...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Alina Leite Paim (Estância SE 1919). Romancista, autora de literatura infantil e juvenil e professora. Filha de Manuel Vieira Leite e Maria Portela de Andrade Leite. Aos 3 meses de idade, muda-se com a família para Salvador. Ao perder a mãe, transfere-se para Simão Dias, Sergipe, faz os estudos primários na Escola Menino Jesus, seguindo depois para o Grupo Escolar Fausto Cardoso. Em 1932, vai para Salvador estudar no Colégio Nossa Senhora da Soledade, educandário de freiras, e lá escreve seus primeiros textos no jornal do colégio e forma-se professora. Leciona em Salvador, até 1943, quando se casa com o médico Isaías Paim e muda-se para o Rio de Janeiro. No ano seguinte, publica seu romance de estréia, A Estrada da Liberdade. Escreve, a partir de 1945, o programa infantil Reino da Alegria para a Rádio do Ministério da Educação e Cultura. Funda, em 1948, a revista Época, que tem circulação nacional. Em 1962, publica O Lenço Encantado, seu primeiro livro de literatura infantil, segmento em que ela produz com constância, mantendo 3 títulos por publicar: Fonte de Mel e Doçura, A Árvore e a Bola e O Chapéu do Professor. É perseguida durante o regime militar brasileiro, 1964-1985, por ser militante do Partido Comunista Brasileiro - PCB, e por sua atuação na defesa de causas feministas. Nesse período, traduz textos do líder revolucionário russo Vladimir Lenin (1870 - 1924) e colabora em vários periódicos, entre eles O Momento, da Bahia, Época, de Sergipe, e Leitura, do Rio de Janeiro.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: