Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Marcelo Cipis

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
1959 Brasil / São Paulo / São Paulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Sem Título
Marcelo Cipis
120,00 cm x 122,00 cm

Marcelo Cipis (São Paulo SP 1959). Pintor, desenhista e ilustrador. Inicia sua formação em artes plásticas, em 1968, no ateliê livre de criação coordenado por Naum Alves de Souza (1942), na Fundação Armando Álvares Penteado - Faap. Freqüenta o ateliê de Fanny Abramovitch, entre 1970 e 1971, e tem aulas com Luiz Paulo Baravelli (1942), em 1976. N...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Marcelo Cipis (São Paulo SP 1959). Pintor, desenhista e ilustrador. Inicia sua formação em artes plásticas, em 1968, no ateliê livre de criação coordenado por Naum Alves de Souza (1942), na Fundação Armando Álvares Penteado - Faap. Freqüenta o ateliê de Fanny Abramovitch, entre 1970 e 1971, e tem aulas com Luiz Paulo Baravelli (1942), em 1976. No ano seguinte, ingressa na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - FAU/USP, formando-se em 1982. Nesse período começa a trabalhar como ilustrador em revistas e jornais e estuda aquarela com Rubens Matuck (1952). De 1983 a 1985 tem aulas de desenho e pintura com Dudi Maia Rosa (1946). Participa, em 1984, da 11ª Bienal de Artes Gráficas de Brno, na Tchecoslováquia, atual República Tcheca. Realiza sua primeira individual em 1988, na Galeria Documenta, em São Paulo. Participa da 21ª Bienal Internacional de São Paulo, com a instalação Cipis Transworld, das 4ª e 5ª edições da Bienal de Havana, Cuba. Recebe, em 1994, o Prêmio Jabuti pela capa do livro Como Água para Chocolate, de Laura Esquivel, publicado pela Editora Martins Fontes. Em 2000 ganha bolsa da Pollock-Krasner Foundation em São Paulo. Produz ilustrações para vários jornais, revistas e livros infantis.

Comentário crítico
A produção artística de Marcelo Cipis revela grande influência da sua atividade profissional como ilustrador de livros, revistas e jornais. Desde cedo se interessa pelas artes plásticas e, paralelamente a sua formação acadêmica em arquitetura, tem aulas com Luiz Paulo Baravelli (1942), Rubens Matuck (1952) e Dudi Maia Rosa (1946). A partir da década de 1980, produz e expõe suas pinturas e desenhos. Em 1988 utiliza em suas obras imagens que circulam nos meios de comunicação: propagandas, histórias em quadrinhos, ilustrações, logotipos ou desenhos técnicos e imagens da história da arte. Em um processo de apropriação, o artista desloca essas imagens de uso comum e cria diferentes contextos e relações. Sua obra Pyrex Paintings, de 1989, são pinturas feitas em série que se referem a anúncios da década de 1950. Cada uma delas contém um modelo de pirex, recipiente de vidro de uso doméstico, colocado no meio da tela quadrada, com um espaço vazio ao seu redor e fundo monocromático. Essas características formais e o senso de humor permanecem em muitos de seus trabalhos.

Em 1991, o artista apresenta a instalação Cipis Transworld na 21ª Bienal Internacional de São Paulo. Nesse trabalho ele cria, uma campanha  publicitária utilizando seu nome como marca e ironizando as imagens publicitárias e a comercialização da arte. Em 1998 e 1999, apresenta pinturas com formas geométricas e intenso jogo de cores. Nas três telas da série Black, Brown and Beige, de cores mais contidas, faz uma homenagem a Duke Ellington, jazzista norte-americano, utilizando o ritmo como forma de criação plástica.

Obras 7

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

O Vôo

Óleo sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Exposições 64

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 19

Abrir módulo
  • ALÉM do arco íris. Curadoria e texto Per Hovdenakk. São Paulo: FAAP, 1998. SPfaap 1998/a
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997. R750.81 A973d 2.ed.
  • CIPIS, Marcelo. Marcelo Cipis. Curadoria Luíza Interlenghi; apresentação Luíza Interlenghi. Rio de Janeiro: Funarte, 1999. folha dobrada, il. color.
  • CIPIS, Marcelo. Marcelo Cipis. Rio de Janeiro: Funarte, 1999. folha dobrada, il. color. C577 1999
  • CIPIS, Marcelo. Marcelo Cipis. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1991. il. p.b. color. C577 1991
  • CIPIS, Marcelo. Marcelo Cipis. Tradução Mauro Zlotnic. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1991. il. p.b. color.
  • CIPIS, Marcelo. Marcelo Cipis: a tragédia e a comédia. São Paulo: Galeria Documenta, 1988. il. p.b. color., fot. C577 1988
  • CIPIS, Marcelo. Marcelo Cipis: trabalhos recentes & pyrex paintings. São Paulo: Kramer Galeria de Arte, 1989. il. p.b. color.
  • CIPIS, Marcelo. Marcelo Cipis: trabalhos recentes & pyrex paintings. São Paulo: Kramer Galeria de Arte, 1989. il. p.b. color. C577 1989
  • JOSÉ, Elias. Um Pouco de tudo: de bichos, de gente, de flores. Sao Paulo: Paulinas, 1982. il. color. (Ponto de encontro. Série algodao doce). 808.899282 J83p
  • O HUMOR do não. Niterói: Galeria de Arte/UFF, 1997. [24 p.], il. p.b., color. Rjuff 1997/h
  • PROJETO Arte Atual Brasil: Senses: um olhar sensível sobre a arte atual. Curadoria Paulo Klein. São Paulo: Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte, 1994.
  • PROJETO Arte Atual Brasil: Senses: um olhar sensível sobre a arte atual. Curadoria Paulo Klein. São Paulo: Renato Magalhães Gouvêa Escritório de Arte, 1994. SPrmg 1994/s
  • SALÃO PAULISTA DE ARTE CONTEMPORÂNEA, 2., 1984, São Paulo, SP. 2º Salão Paulista de Arte Contemporânea. São Paulo: MIS : Paço das Artes, 1984.
  • SALÃO PAULISTA DE ARTE CONTEMPORÂNEA, 2., 1984, São Paulo, SP. 2º Salão Paulista de Arte Contemporânea. São Paulo: MIS : Paço das Artes, 1984. SPspac 2/1984
  • SALÃO PAULISTA DE ARTE CONTEMPORÂNEA, 4. , 1986, São Paulo. 4º Salão Paulista de Arte Contemporânea. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1986.
  • SALÃO PAULISTA DE ARTE CONTEMPORÂNEA, 4. , 1986, São Paulo. 4º Salão Paulista de Arte Contemporânea. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1986. SPspac 4/1986
  • STAATLICHE KUNSTHALLE (BERLIN). Werkstatt Berlin - São Paulo 1988. Berlin, 1988. 94p. il., p.b. color. CAT-G ALEw 1998/w
  • STAATLICHE KUNSTHALLE (BERLIN). Werkstatt Berlin - São Paulo 1988. Tradução Sarita Brandt. São Paulo/Berlim ; Masp/Staatliche Kunsthalle, 1988. 94p. il., p.b. color.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: