Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Max Martins

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
20.06.1926 Brasil / Pará / Belém
09.02.2009 Brasil / Pará / Belém
Max da Rocha Martins (Belém PA, 1926). Um autodidata, faz estudos particulares nas áreas de Literatura, Poesia, Artes e Filosofia, a partir de 1934. Em 1948 colabora na revista literária Encontro, dirigida por Mário Faustino e Haroldo Maranhão, em Belém PA. Entre 1946 e 1951 ocorre a publicação de poemas que viriam a fazer parte de seu livro O E...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Max da Rocha Martins (Belém PA, 1926). Um autodidata, faz estudos particulares nas áreas de Literatura, Poesia, Artes e Filosofia, a partir de 1934. Em 1948 colabora na revista literária Encontro, dirigida por Mário Faustino e Haroldo Maranhão, em Belém PA. Entre 1946 e 1951 ocorre a publicação de poemas que viriam a fazer parte de seu livro O Estranho no Suplemento Literário da Folha do Norte, da capital paraense. O Estranho, seu primeiro livro de poesia, é publicado em 1952, e conquista o prêmio de poesia Frederico Rhonsard, concedido pela Academia Paraense de Letras, e o prêmio Santa Helena Magno, concedido pela Secretaria de Educação do Estado do Pará. No período de 1962 a 1964 trabalha como noticiarista e secretário de redação do jornal Folha do Norte. Na década de 1980, participa em Leitura de Poemas, com os poetas James Bogan, Age Carvalho, Vicente Cecim, e na Oficina Literária Afrânio Coutinho, com Age de Carvalho. Em 1987 fez palestras e leitura de poemas nas universidades de Columbia, St. Louis e Rolla (EUA). Exerce o cargo de diretor da fundação cultural Casa da Linguagem, entre 1990 e 1994. Recebe, em 1993, o prêmio de poesia Olavo Bilac, concedido pela Academia Brasileira de Letras, pelo livro Não para Consolar. Sua obra poética, de tendências contemporênas, inclui os livros Anti-Retrato (1960), Caminho de Marahu (1983) e Para Ter Onde Ir (1992), entre outros. Segundo o crítico Benedito Nunes (1929), para Max Martins "cultivar a poesia significa estudá-la, e estudá-la, cultivar o conhecimento do mundo através dela".

Exposições 1

Abrir módulo

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: