Artigo da seção pessoas Loredano

Loredano

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deLoredano: 17-07-1948 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)

Biografia

Loredano Cássio da Silva Filho (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1948). Caricaturista. Inicia a carreira em 1968 no Jornal do Grande ABC. Em 1971 muda-se para São Paulo e publica ilustrações na coluna assinada por Cláudio Marques no jornal Shopping News. Em 1972 vai para o Rio de Janeiro e assume o cargo de ilustrador no recém-fundado jornal Opinião. No ano de 1975 reside em Lisboa, e colabora em O Jornal. Depois de passar o ano de 1976 na cidade do Rio de Janeiro, viaja para a Alemanha, onde até 1981 trabalha nos periódicos Frankfurter Allgemeine e Die Zeit. Em 1982 fixa-se em Roma e colabora na revista La Repubblica e no jornal Il Globo. No ano de 1983 reside por seis meses na França, e publica desenhos na Liberátion, Révolution e no Magazine Littéraire. Em 1985, depois de morar por um ano em Zurique, muda-se para Barcelona, onde permanece por seis anos. Nesse período, publica um livro a respeito do trabalho desenvolvido pelo chargista espanhol Angel Menéndez e colabora com diversas ilustrações no jornal El País. Retorna ao Brasil e, em 1994, torna-se colaborador dos jornais O Estado de S. Paulo e Gazeta Mercantil. Nesse ano publica o livro Loredano Caricaturas, a primeira obra abrangente sobre seu trabalho. É autor ainda de outros títulos, entre eles, Nássara Desenhista (1985), O Rio de J. Carlos (1998) e O Bonde e a Linha: Um Perfil de J. Carlos (2003). Atualmente realiza ilustrações para diversos periódicos nacionais e estrangeiros.

Análise

Loredano inicia seu trabalho como desenhista profissional em 1972, no jornal Opinião. Entre 1977 e 1981, vive na Europa, publicando seus trabalhos em importantes jornais da Alemanha, Itália e França. Em 1985 muda-se para Barcelona, onde reside por seis anos colaborando desde 1986 no jornal espanhol El País. De volta ao Brasil, em 1993, publica Loredano: caricaturas, primeiro livro abrangente sobre seu trabalho. Seus desenhos são publicados também em O Estado de S. Paulo e outros periódicos nacionais e internacionais.

Loredano destaca-se como caricaturista pessoal, retratando escritores e cronistas brasileiros, como Carlos Drummond de Andrade (1902 - 1987) e Clarice Lispector (1925 - 1977). Em suas caricaturas realiza um procedimento de construção e desconstrução da figura, que é muito pessoal. Na maioria dos trabalhos, emprega distorções acentuadas, mantendo, entretanto, um grau de semelhança com os retratados. Em outros trabalhos, apresenta retratos mais lineares. Na opinião do estudioso Pedro Corrêa do Lago, na obra de Loredano pode ser notada como referência o desenho do caricaturista argentino Luis Trimano (1943). Para o pesquisador, a distorção, até então praticada com moderação pelos caricaturistas latino-americanos, foi levada por Trimano ao extremo, como forma de acentuação do caráter psicológico do retratado. A produção de Loredano também revela a apreciação do traço de Millôr Fernandes (1923), que incentiva toda uma geração do desenho de humor no país.

Para o crítico Ronaldo Brito, Cássio Loredano inova ao tirar a moldura da caricatura, integrando o desenho ao texto. Ele não desenha mais dentro da página, mas com a própria página. O desenhista emprega basicamente o traço preto sobre fundo branco, utilizando, algumas vezes, tons cinza. Loredano apresenta um retrato moderno, que se destaca pela capacidade de síntese. Ao longo de sua carreira, interessa-se também pela divulgação e conseqüente preservação da obra de caricaturistas que o antecederam, publicando os livros Nássara Desenhista (1985), Guevara e Figueroa: caricatura no Brasil nos anos 20 (1986) e Luís Trimano, Desenhos: 1968-1990 (1993).

Outras informações de Loredano:

  • Outros nomes
    • Loredano Cássio Silva Filho
    • Cássio Loredano
  • Habilidades
    • Caricaturista

Exposições (7)

Fontes de pesquisa (5)

  • FONSECA, Joaquim da. Caricatura: a imagem gráfica do humor. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 1999. 286 p.
  • LAGO, Pedro Corrêa do. Caricaturistas brasileiros: 1836-1999. Rio de Janeiro: Sextante Artes, 1999. p. 198-203.
  • LOREDANO, Cássio. Alfabeto literário. Apresentação Millôr Fernandes. S. l.: Capivara, 2002. 262 p., il. color.
  • LOREDANO, Cássio. Loredano: caricaturas. Comentário Ronaldo Brito. São Paulo: Globo, 1994. 176 p., il. p&b.
  • MATTAR, Denise (org.). Traço, Humor & Cia. Apresentação Celita Procopio de Carvalho; versão em inglês Angela Melim. São Paulo: FAAP, 2003. 240 p., il. p&b. color.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • LOREDANO . In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa4710/loredano>. Acesso em: 20 de Set. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7