Artigo da seção pessoas Kiko Dinucci

Kiko Dinucci

Artigo da seção pessoas
Música / artes visuais  
Data de nascimento deKiko Dinucci: 05-07-1977 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / São Paulo)

Biografia
Cristiano Dinucci (São Paulo SP 1977). Compositor, cantor. Sua trajetória profissional é paralela à de artista plástico e músico. Cresce na cidade de Guarulhos, São Paulo, e lá participa de diversas bandas de rock, como a banda hardcore Personal Choice.

Sua carreira como compositor popular é marcada pelo lançamento do álbum Padê (2007), em parceria com a cantora Juçara Marçal, projeto contemplado com o Prêmio Ney Mesquita, da Cooperativa de Música de São Paulo. Na sequência, estreia o disco Pastiche Nagô, em 2008, ao lado do Bando AfroMacarrônico. O ano seguinte é marcado por dois lançamentos: com Douglas Germano, utilizando o nome Duo Moviola, o Retrato do Artista quando Pede e Na Boca dos Outros, com vocais de diversos artistas, como Fabiana Cozza, Marcelo Pretto e Rodrigo Brandão. Recentemente, retoma a parceria com Juçara Marçal, e, somado a Thiago França, lança MetáMetá, em 2011. Nesse mesmo ano lança Passo Torto, ao lado dos compositores Romulo Fróes, Rodrigo Campos e do baixista e produtor Marcelo Cabral.

Ainda como músico participa da peça teatral Zumbi, de Paulo Fabiano, e do longa-metragem Carandiru, de Hector Babenco. Como artista plástico desenvolve gravuras e ilustrações com temáticas da cultura popular afro-brasileira. Cinéfilo assumido, e roteirista, realiza o videodocumentário Dança das Cabaças - Exu no Brasil, 2006, projeto contemplado pelo FunCultura de Guarulhos.

Dinucci participa do álbum e do show de lançamento de Pretobrás II: Maldito Vírgula, 2010, álbum póstumo de Itamar Assumpção. A produção desse disco é de Beto Villares, e também conta com a participação especial de Arnaldo Antunes, B.Negão, Pupillo, Curumin, Thalma de Freitas, Marcelo Jeneci e Elza Soares.

 

Comentário Crítico
Kiko Dinucci vem sendo conhecido como um renovador do samba paulista, ao lado de Romulo Fróes, Rodrigo Campos e Douglas Germano, mas seu estilo vai além desse gênero. Em suas composições, percebe-se que o compositor se apropria de marchinha, lundu, jongo, batuque, rumba, bolero, embolada, jazz, ritmos afro-brasileiros, como o afoxé e o ijexá, e modas de viola. Essa associação se dá ao fato de ele utilizar elementos ligados ao samba dos anos 1930 como as letras (que relatam histórias peculiares), o humor e a influência de compositores como Adoniran Barbosa, Paulo Vanzolini, Geraldo Filme, Raul Torres e compositores contemporâneos como Itamar Assumpção, Luiz Tatit, Wandi Doratiotto.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Kiko Dinucci:

  • Outros nomes
    • Cristiano Dinucci
  • Habilidades
    • músico
    • guitarrista
    • Violonista
    • Cantor/Intérprete
    • Compositor
    • Produtor musical
    • Arranjador
    • Artista plástico
    • gravador

Obras de Kiko Dinucci: (1) obras disponíveis:

Eventos relacionados (2)

Fontes de pesquisa (5)

  • Alves, Adriana. Samba urbano sem caricatura Revista Rolling Stone. Edição 12 - Setembro 2008. Editora RPC.  Spring Editora - São Paulo, 2008.
  • Costa, Rafael . A geração do vazio estético. Caderno G- Gazeta do Povo  09 de Julho de 2011. Curitiba.
  • Dinucci, Kiko.  Dança das Cabaças - Exu no Brasil, 2005.   54 min. http://dancadascabacas.blogspot.com/
  • Janotti Jr, Jeder Silveira; Lima, Tatiana Rodrigues; Pires, Victor de Almeida Nobre (orgs.) - Dez anos a mil: Mídia e Música Popular Massiva em Tempos de Internet.     Porto Alegre: Simplíssimo, 2011.
  • Pires,  Victor de Almeida Nobre.  Para além do post-rock: cena, mídia e a nova música instrumental brasileira. UFAL 2010 http://blog.lab.art.br/wp-content/uploads/2011/01/TCC-final.pdf, 2010.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • KIKO Dinucci. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa453359/kiko-dinucci>. Acesso em: 19 de Nov. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7