Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Jorge Luís Calife

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
1951 Brasil / Rio de Janeiro / Niterói
Jorge Luiz Calife (Niterói RJ 1951). Escritor de ficção científica, tradutor e jornalista. Faz os estudos primários na Escola Estadual Alagoas, em Pilares, Rio de Janeiro. Em 1978, no início do curso de jornalismo na Faculdade de Comunicação Hélio Afonso, um episódio curioso acontece quando ele lê uma entrevista em que o romancista americano Art...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Jorge Luiz Calife (Niterói RJ 1951). Escritor de ficção científica, tradutor e jornalista. Faz os estudos primários na Escola Estadual Alagoas, em Pilares, Rio de Janeiro. Em 1978, no início do curso de jornalismo na Faculdade de Comunicação Hélio Afonso, um episódio curioso acontece quando ele lê uma entrevista em que o romancista americano Arthur Clarke (1917 - 2008) anuncia o encerramento de sua carreira de autor de ficção. Tendo redigido uma fan fiction chamada 2002, em que imagina uma continuação para 2001, de Clarke, Calife em carta ao escritor americano pede a reconsideração da decisão sobre sua carreira e junto envia um resumo do conto. Um mês depois, recebe a resposta de Clarke que diz que havia gostado das idéias do conto e que o mostraria ao cineasta Stanley Kubrick. O conto 2002 acaba se tornando a semente do romance 2010: Odisséia 2, de 1982, e do filme 2010: O Ano em que Faremos Contato, de 1984, dirigido por Peter Hyams. Calife forma-se em jornalismo em 1982, mas antes estuda engenharia, sem concluir o curso. Traduz obras dos escritores de ficção científica Clarke e Isaac Asimov (1920 - 1992), e também a série Duna, de Frank Herbert (1920 - 1986). Em 1985 lança seu primeiro romance, Padrões de Contato. Trabalha no Jornal do Brasil de 1985 a 1993, depois passa por outros jornais, e chega a colaborar na extinta Revista Geográfica e na Manchete. Pelo livro Linha Terminal, recebe o Prêmio Nova da Associação Brasileira de Arte Fantástica, em 1992. Em 2004, publica três livros infantis, iniciando assim sua carreira nessa área. Escreve, desde junho de 1996, no caderno Cultura & Lazer do Diário do Vale de Volta Redonda.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: