Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Nelly Novaes Coelho

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 02.07.2019
1922 Brasil / São Paulo / São Paulo
2017 Brasil / São Paulo / São Paulo
Nelly Novaes Coelho (São Paulo, São Paulo, 1922 - São Paulo, São Paulo, 2017). Ensaísta, crítica literária e professora. Desde jovem demonstra interesse pela literatura, mas seu grande desejo é ser pianista, como a tia Guiomar Novaes (1894 - 1979). Para isso, estuda no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e, em 1942, consegue uma bolsa...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Nelly Novaes Coelho (São Paulo, São Paulo, 1922 - São Paulo, São Paulo, 2017). Ensaísta, crítica literária e professora. Desde jovem demonstra interesse pela literatura, mas seu grande desejo é ser pianista, como a tia Guiomar Novaes (1894 - 1979). Para isso, estuda no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e, em 1942, consegue uma bolsa para a Itália, porém é impedida de viajar por conta do recrudescimento da Segunda Guerra Mundial, 1939-1945. Já casada e com um filho, em 1955, matricula-se no curso de letras da Universidade de São Paulo - USP, que conclui quatro anos depois. Em 1961 assume a cadeira de teoria da literatura da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Marília, São Paulo, permanecendo no cargo até 1972, e passa a colaborar com críticas e ensaios em periódicos brasileiros e portugueses. Publica seu primeiro livro de ensaios, Tempo, Solidão e Morte, em 1964. No fim dos anos 1970, se interessa por literatura infantil, e cria em 1980 uma cadeira sobre o tema no curso de letras da USP. Começa a dar aulas como professora-adjunta na USP em 1981, e torna-se titular após quatro anos. Aposentada compulsoriamente em 1992, continua atuando como professora convidada e orientadora de projetos científicos. É autora de obras de referência como o Dicionário Crítico da Literatura Infantil e Juvenil Brasileira, 1983, e do Dicionário Crítico de Escritoras Brasileiras, 2002.

Eventos multiculturais 1

Abrir módulo

Mídias (1)

Abrir módulo
Nelly Novaes Coelho - Enciclopédia Itaú Cultural
De uma época em que poucas mulheres ocupavam espaço no mundo acadêmico e literário, a paulistana Nelly Novaes Coelho ingressa na faculdade de letras já casada e mãe de um filho, em 1955. Pioneira, cria na década de 1980 a disciplina de Literatura Infantil para o curso de Letras da Universidade de São Paulo. Tida como “menor” à época, vê com orgulho a expansão da área: “Ninguém dava bola, hoje é um dos cursos mais procurados. Dá uma formação histórico-cultural muito importante para ser base da literatura. Sem isso, a literatura é só distração”, aponta. Autora de mais de uma dezena de livros sobre literatura contemporânea, tem como destaque as obras Dicionário Crítico da Literatura Infantil e Juvenil Brasileira (1983) e Dicionário Crítico de Escritoras Brasileiras (2002), um estudo sobre a literatura feminina e de escritoras brasileiras que reúne textos, biografias e críticas do trabalho de 1.400 mulheres.

Captação, edição e legendagem: Sacisamba
Intérprete: Carolina Fomin (terceirizada)
Locução: Júlio de Paula (terceirizado)

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: