Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Pedro Paulo Rangel

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 02.09.2021
29.06.1948 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Pedro Paulo Rangel (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1948). Ator. Intérprete de grande domínio da palavra teatral, atua em A Aurora da Minha Vida, de Naum Alves de Souza (1942 - 2016), 1982, e em Sermão da Quarta-Feira de Cinzas, de Padre Antônio Vieira, 1994.

Texto

Abrir módulo

Biografia

Pedro Paulo Rangel (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1948). Ator. Intérprete de grande domínio da palavra teatral, atua em A Aurora da Minha Vida, de Naum Alves de Souza (1942 - 2016), 1982, e em Sermão da Quarta-Feira de Cinzas, de Padre Antônio Vieira, 1994.

Começa no teatro amador e cursa o Conservatório Nacional de Teatro. Em 1968, atua em Roda Viva, de Chico Buarque (1944), e integra a montagem do Teatro Oficina para Galileu Galilei, de Bertolt Brecht, direção de José Celso Martinez Corrêa (1937).

Em 1970, integra o elenco de Jorginho, o Machão, da recém-lançada autora Leilah Assumpção (1943). Em 1971 está em Castro Alves Pede Passagem, texto e direção de Gianfrancesco Guarnieri (1934 - 2006), numa produção de Othon Bastos (1933). Atua em diversos espetáculos com direção de Antônio Pedro Borges (1940): As Desgraças de uma Criança, de Martins Pena, e A Teoria na Prática É Outra, de Ana Diosdato, que lhe vale Prêmio Estadual de Teatro como ator revelação, em 1974; Os Saltimbancos, de Chico Buarque, 1977; Uma Noite em Sua Cama, de Jean de Letràz, 1980; O Bravo Soldado Schweik, de Jaroslav Hasec, 1982. Em 1976, chama a atenção em A Longa Noite de Cristal, de Oduvaldo Vianna Filho (1936 -1974), direção de Gracindo Júnior (1943).

Em 1982, integra o elenco de A Aurora da Minha Vida, texto e direção de Naum Alves de Souza, representando três personagens diferentes e a cada uma atribuindo uma linha interpretativa. O espetáculo, que permanece três anos em cartaz, lhe vale o Prêmio Molière de melhor ator. Faz em seguida, do mesmo autor e diretor, Um Beijo, um Abraço, um Aperto de Mão, 1985, e El Grande de Coca Cola, 1986. Atua em Amor por Anexins, de Artur Azevedo, com direção de Luís Antônio Martinez Corrêa (1950 - 1987), 1986, no musical Pluft, o Fantasminha, baseado no texto de Maria Clara Machado (1921 - 2001), 1987. Em 1989, recebe o Prêmio Molière pela atuação em Machado em Cena - Um Sarau Carioca, dirigido por Luís de Lima (1925 - 2002).

Nos anos 1990, protagoniza o espetáculo de Márcio Vianna (1949 - 1996) O Circo da Solidão, 1992, e Detalhes Tão Pequenos de Nós Dois, de Felipe Pinheiro, 1993. Em 1994, interpreta o Padre Antônio Vieira no monólogo Sermão da Quarta-Feira de Cinzas, direção de Moacir Chaves (1965), que lhe vale os prêmios Mambembe, Shell e Molière. O ator, sem deixar de imbuir o tom de sua representação da essência do sermão, contrapõe ao seu caráter catequético e definito a malícia da cumplicidade. O crítico Macksen Luiz (1945) comenta seu desempenho: "O ator procura no detalhe o ponto a partir do qual fundamenta a palavra do sermão. Há um comentário sempre presente em cada uma das frases, numa atuação tão límpida na sua elaboração técnica e de uma sensibilidade de filigrana. [...] cria uma vibração e uma relação intensa com a platéia".1

Em 1996, atua em O Mercador de Veneza, de William Shakespeare, com direção de, recebendo o Prêmio Cultura Inglesa, e, no ano seguinte, em Anônima, de Wilson Sayão (1949), com direção de Aderbal Freire-Filho (1941). Em 1999, faz Arte, de Yasmina Reza, com direção de Mauro Rasi (1941 - 2003).

Notas

1. LUIZ, Macksen. Um sensível trabalho de ator. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 12 nov. 1994.

Espetáculos 43

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 9

Abrir módulo
  • ALBUQUERQUE, Johana. Pedro Paulo Rangel. (ficha curricular) In: _________. ENCICLOPÉDIA do Teatro Brasileiro Contemporâneo. Material elaborado em projeto de pesquisa para a Fundação VITAE. São Paulo, 2000.
  • EICHBAUER, Hélio. [Currículo]. Enviado pelo artista em 24 de abril de 2011. Espetáculos: O Mercador de Veneza - 1996; A Eva Futura - 2010. Não catalogado
  • ESPAÇO CULTURAL SÉRGIO PORTO. Sermão da Quarta-Feira de Cinza: Rio de Janeiro, RJ, 9 nov. 1994. Programa do Espetáculo.
  • GALILEU Galilei. São Paulo: Teatro Oficina Uzyna Uzona, [1968]. 1 programa do espetáculo realizado no Teatro Oficina.
  • LUIZ, Macksen. Um sensível trabalho de ator. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 12 nov. 1994.
  • Programa do Espetáculo - Boca Molhada de Paixão Calada - 1984. Não catalogado
  • Programa do Espetáculo - O Primeiro - 1978. Não catalogado
  • RANGEL, Pedro Paulo. Rio de Janeiro: Funarte / Cedoc. Dossiê Personalidades Artes Cênicas.
  • RODA Viva. Rio de Janeiro: Teatro Oficina Uzyna Uzona, [1968]. 1 programa do espetáculo realizado no Teatro Princesa Isabel.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: