Artigo da seção pessoas João Roberto Faria

João Roberto Faria

Artigo da seção pessoas
Teatro  
Data de nascimento deJoão Roberto Faria: 01-06-1952 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / Matão)

Biografia
João Roberto Gomes de Faria (Matão SP 1952). Crítico, historiador e professor. Discípulo dileto do crítico Décio de Almeida Prado, pesquisador e analista do teatro brasileiro, especialmente do século XIX, autor de obras indispensáveis sobre o período.

Após licenciatura em letras, João Roberto defende seu mestrado tendo como foco o teatro brasileiro, publicando José de Alencar e o Teatro, em 1987. Seu doutorado, denominado O Teatro Realista no Brasil: 1855-1865, lançado editorialmente em 1993, eleva-o à categoria de referência nos estudos sobre o teatro brasileiro.

Continuador das atividades de Décio de Almeida Prado junto à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - FFLCH/USP, de quem é um dos alunos mais próximos, torna-se professor, orientador de teses e pesquisas concernentes ao teatro no Brasil. Em 1997 organiza a obra Décio de Almeida Prado: um Homem de Teatro, reunindo artigos dedicados ao ex-professor. Em 1998, publica o livro de ensaios O Teatro na Estante, no qual aborda, em profundas análises, significativos textos dramáticos nacionais e estrangeiros. Em 2001 surge Idéias Teatrais, estudo e coletânea de textos teóricos, prefácios e artigos sobre o teatro brasileiro no século XIX, publicação que lhe confere o Prêmio Associação Paulista de Críticos de Artes, APCA.

Entre 1984 e 1988 colabora com o Jornal da Tarde, resenhando livros da área teatral. É também editor de coleções da Martins Fontes e organizador de estudos publicados pela editora Perspectiva.

Sobre seu estudo Idéias Teatrais, avalia o crítico Sérgio Coelho: "Faria é discípulo de Prado no sentido mais nobre; mantém não só a mesma linha de pesquisa, mas o mesmo método de trabalho, com a leitura atenta de documentos relegados ao esquecimento. Recupera a pertinência, e não raro a urgência, do pouco conhecido trabalho crítico de autores como Machado de Assis, José de Alencar, Artur Azevedo, assim como a lucidez de auto-análise dos prólogos de Gonçalves de Magalhães e Gonçalves Dias. Faria chega a aprimorar o método de Prado ao apresentar cronologicamente, em uma segunda parte, os documentos analisados, para que 'cada um possa discordar ou concordar saudavelmente com os meus pontos de vista'. O volume, claramente organizado, faz desfilar as lutas dos românticos e dos realistas, do apego às regras clássicas e à moral maniqueísta do melodrama, do repúdio tanto ao comercialismo raso de boa parte do teatro musicado quanto à falta de poesia da vanguarda naturalista, que Antoine veio pessoalmente ao Rio trazer como uma alternativa que, no entanto, só seria adotada pelo TBC, quase 50 anos depois".1

Notas
1. COELHO, Sérgio. Faria expõe tradição e redimensiona o teatro atual. Folha de S.Paulo, São Paulo, 7 jul. 2001. Ilustrada, p. E4.

Outras informações de João Roberto Faria:

  • Outros nomes
    • João Roberto Gomes de Faria
  • Habilidades
    • professor universitário
    • Pesquisador
    • crítico de teatro

Fontes de pesquisa (3)

  • ALBUQUERQUE, Johana. João Roberto Faria (ficha curricular) In: _________. ENCICLOPÉDIA do Teatro Brasileiro Contemporâneo. Material elaborado em projeto de pesquisa para a Fundação VITAE. São Paulo, 2000.
  • COELHO, Sérgio. Faria expõe tradição e redimensiona o teatro atual. Folha de S.Paulo, São Paulo, 7 jul. 2001. Ilustrada, p. E4.
  • HELIODORA, Bárbara. Antes de Nelson Rodrigues. Folha de S.Paulo, São Paulo, 29 jul. 2001. Mais!, p. 21.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • JOÃO Roberto Faria. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa343591/joao-roberto-faria>. Acesso em: 15 de Dez. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7