Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Eduardo Guimaraens

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
1892
1928
Eduardo Gaspar da Costa Guimaraens (Porto Alegre RS 1892 - Rio de Janeiro RJ 1928). Publica seu primeiro poema, o soneto Aos Lustres, com 16 anos, no Jornal da Manhã, de Porto Alegre. Seu primeiro livro de poesia, Caminho da Vida, é publicado em 1908. Por volta de 1911 atua como colaborador dos periódicos Jornal do Comércio, Folha da Manhã, Diár...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Eduardo Gaspar da Costa Guimaraens (Porto Alegre RS 1892 - Rio de Janeiro RJ 1928). Publica seu primeiro poema, o soneto Aos Lustres, com 16 anos, no Jornal da Manhã, de Porto Alegre. Seu primeiro livro de poesia, Caminho da Vida, é publicado em 1908. Por volta de 1911 atua como colaborador dos periódicos Jornal do Comércio, Folha da Manhã, Diário, Federação e Correio do Povo, na capital gaúcha. Entre 1912 e 1916 vive no Rio de Janeiro, onde colaborou nos jornais A Hora, Rio-Jornal, A Imprensa e Boa Hora, e na revista Fon-Fon. Em 1916, ainda, publica A Divina Quimera, que o torna conhecido no Brasil. Produz também traduções de poemas e comédias, além de peças de teatro. Poeta simbolista, sua obra é influenciada por Baudelaire, Eugênio de Castro, Maeterlinck, Mallarmé, Rimbaud, Verlaine. Segundo o crítico Donaldo Schuler, "o discurso paradoxal de Eduardo Guimaraens rebenta em lugar próprio ao acontecer na época das grandes transformações por que passa o Estado. Estas, abrindo as fronteiras entre os versos e o que os circunda, propiciam a poetização da vida e a vitalização da poesia".

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: