Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Afonso Schmidt

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 26.05.2017
29.06.1890 Brasil / São Paulo / Cubatão
03.04.1964 Brasil / São Paulo / São Paulo
Afonso Schmidt (Cubatão, São Paulo, 1890 - São Paulo, São Paulo, 1964). Faz exames para a Faculdade de Direito de São Paulo, em 1905, mas não cursa. Na época, trabalha como puxador de trena na construção da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. Em 1907 viaja para a Europa, sem dinheiro e sem passaporte. De volta ao Brasil, publica, em 1911, seu prime...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Afonso Schmidt (Cubatão, São Paulo, 1890 - São Paulo, São Paulo, 1964). Faz exames para a Faculdade de Direito de São Paulo, em 1905, mas não cursa. Na época, trabalha como puxador de trena na construção da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. Em 1907 viaja para a Europa, sem dinheiro e sem passaporte. De volta ao Brasil, publica, em 1911, seu primeiro livro de poesia, Janelas Abertas (1911).  Entre 1918 e 1924 é diretor do jornal Voz do Povo, da Federação Operária, no Rio de Janeiro. Nas décadas seguintes, publica mais de 40 livros, destacando-se O Menino Filipe (romance), A Primeira Viagem (autobiográfico), O Tesouro de Cananéia, (contos), A Vida de Paulo Eiró e São Paulo de meus Amores (crônicas). Em 1963 recebe o prêmio O Intelectual do Ano, troféu Juca Pato, concedido pela União Brasileira de Escritores. Sua obra poética inclui Mocidade (1921), Garoa (1932), Poesias (1934), Poesia (1945). De origem humilde, Afonso Schmidt manifesta em seu trabalho como jornalista, contista e romancista a preocupação com os pobres, os excluídos da sociedade. Poeta parnasiano, aponta também em seus versos desigualdades e injustiças sociais, que o inquietaram ao longo de toda a vida.

Espetáculos 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 1

Abrir módulo
  • GÓES, Fernando. Onestaldo de Pennafort. In: ___. Panorama da poesia brasileira: o pré-modernismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1960. v.5.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: