Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Manuel Botelho de Oliveira

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 20.03.2017
1636 Brasil / Bahia / Salvador
01.01.1711 Brasil / Bahia / Salvador
Manuel Botelho de Oliveira (Salvador, Bahia, 1636 - idem 1711). Poeta e advogado. Cursa  Direito na Universidade de Coimbra (Portugal). De volta ao Brasil, passa a exercer a advocacia; também atua como vereador da Câmara de Salvador, Bahia. Em 1694 torna-se capitão-mor dos distritos de Papagaio, Rio do Peixe e Gameleira, cargo obtido em função d...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Manuel Botelho de Oliveira (Salvador, Bahia, 1636 - idem 1711). Poeta e advogado. Cursa  Direito na Universidade de Coimbra (Portugal). De volta ao Brasil, passa a exercer a advocacia; também atua como vereador da Câmara de Salvador, Bahia. Em 1694 torna-se capitão-mor dos distritos de Papagaio, Rio do Peixe e Gameleira, cargo obtido em função de empréstimo de 22 mil cruzados para a criação da Casa da Moeda na Bahia. Em 1705 ocorre em Lisboa (Portugal) a publicação de seu Música do Parnasso, o primeiro livro impresso de autor nascido no Brasil. Poeta barroco, Manuel Botelho de Oliveira convive com Gregório de Matos (1636-1696) e versa sobre os temas correntes da poesia de seu tempo. No entanto, segundo o crítico Péricles Eugênio da Silva Ramos (1919-1992), "uma das composições da Música do Parnasso tem caráter diferente das demais: é a silva 'À Ilha da Maré', gabada por seu nativismo, ou seja, pela exaltação dos frutos e legumes, que são colocados pelo poeta muito acima dos de Portugal. É composição por vezes sem grande tacto, mas deu origem a uma fila de trabalhos ufanistas, de Santa Maria Itaparica a Santa Rita Durão".

Fontes de pesquisa 4

Abrir módulo
  • CANDIDO, Antonio; CASTELLO, J. Aderaldo. Botelho de Oliveira. In: ___. Presença da literatura brasileira: história e antologia. 3.ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Bertrand, 1988. p.53-58
  • OLIVEIRA, Manuel Botelho de. Música do Parnasso. Pref. e org. do texto Antenor Nascentes. Rio de Janeiro: INL, 1953. v.1.
  • RAMOS, Péricles Eugênio da Silva. Manuel Botelho de Oliveira. In: ___. Poesia barroca: antologia. 2.ed. rev. e aum. São Paulo: Melhoramentos; Brasília: INL, 1977.
  • VARNHAGEN, F. A. Manoel Botelho d´Oliveira. In: __. Florilégio da poesia brasileira. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 1987. p.177-181

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: