Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.



Enciclopédia Itaú Cultural
Literatura

Domingos Carvalho da Silva

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 12.06.2017
21.06.1915
26.04.2003 Brasil / São Paulo / São Paulo
Domingos Carvalho da Silva (Pedroso, Portugal, 1915 - São Paulo, São Paulo, 2003). Cursa Direito na Universidade de São Paulo entre 1933 e 1937. É presidente, em 1936, da Academia de Letras da Faculdade de Direito, e fundador da revista Arcádia. Publica seu primeiro livro de poesia, Bem-Amada Ifigênia, em 1943, ano em que também colabora na pági...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Domingos Carvalho da Silva (Pedroso, Portugal, 1915 - São Paulo, São Paulo, 2003). Cursa Direito na Universidade de São Paulo entre 1933 e 1937. É presidente, em 1936, da Academia de Letras da Faculdade de Direito, e fundador da revista Arcádia. Publica seu primeiro livro de poesia, Bem-Amada Ifigênia, em 1943, ano em que também colabora na página literária do Correio Paulistano. Em 1947 funda a Revista Brasileira de Poesia, com Péricles Eugênio da Silva Ramos (1919-1992), entre outros. No ano seguinte, organiza o I Congresso Paulista de Poesia. Em 1954, é membro da Comissão Organizadora do Primeiro Congresso Internacional de Escritores. Colabora em vários periódicos paulistas e é redator no Diário de S. Paulo. Na década de 1960 participa de vários congressos e comissões de literatura; em 1966, torna-se professor na Universidade Nacional de Brasília. Um dos fundadores do Clube de Poesia de Brasília, torna-se seu presidente em 1974. Em 1977 recebe o prêmio Jabuti de Poesia, pelo livro Vida Prática (1976). Sua obra poética inclui os livros Praia Oculta (1949), À Margem do Tempo (1979), Múltipla Escolha (1980) e Liberdade Embora Tarde (1984). Sua poesia filia-se à terceira geração do Modernismo; no entanto, para o crítico Adolfo Casais Monteiro, "Domingos Carvalho da Silva é [...] um poeta que, pela diversidade das formas reveladas ao longo da sua já extensa produção, pela larga escala de interesses que a sua poesia revela, não pode ser situada num grupo delimitado; as suas tendências impõem-nos reconhecer, pelo contrário, representar ele melhor o homem de hoje do que qualquer 'escola' ".

Fontes de pesquisa 3

Abrir módulo
  • MILLIET, Sérgio. Diário crítico de Sérgio Milliet - 1955 - 1956. 2.ed. São Paulo: Martins, 1981. v.10.
  • RAMOS, Péricles Eugênio da Silva. Domingos Carvalho da Silva. In: ___ Poesia moderna: antologia. São Paulo: Melhoramentos, 1967. p.403-414.
  • SILVA, Domingos Carvalho da. Múltipla escolha. Introd. Diana Bernardes. Rio de Janeiro: J. Olympio; Brasília: INL, 1980.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: