Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Eduardo Alves da Costa

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 01.11.2016
06.03.1936 Brasil / Rio de Janeiro / Niterói
Eduardo Alves da Costa (Niterói RJ 1936). Conclui o curso de Direito na Universidade Mackenzie em 1952, em São Paulo SP. Por volta de 1960 organiza as Noites de Poesia, no Teatro Arena, em São Paulo. Participa no movimento dos Novíssimos, da Massao Ohno, em 1962. Entre 1962 e 1989 publica a  novela Fátima e o Velho, o romance Chongas e o livro d...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Eduardo Alves da Costa (Niterói RJ 1936). Conclui o curso de Direito na Universidade Mackenzie em 1952, em São Paulo SP. Por volta de 1960 organiza as Noites de Poesia, no Teatro Arena, em São Paulo. Participa no movimento dos Novíssimos, da Massao Ohno, em 1962. Entre 1962 e 1989 publica a  novela Fátima e o Velho, o romance Chongas e o livro de contos A Sala do Jogo. Recebe, em 1978, o prêmio Anchieta de Teatro para a peça As Campainhas. Em 1994 é lançado seu livro juvenil Memórias de um Assoviador. Entre 1996 e 1998 atua como cronista do jornal paulistano Diário Popular. Seu único livro de poesia, No caminho, com Maiakóvski, é publicado em 1985. Sobre sua obra, a crítica Elvira Foeppel afirma: "Eduardo Alves da Costa, em direção à originalidade, implica em experiências mais difíceis abandonando todavia o itinerário do cerebral que constrói seu mundo poético frio e asséptico, árido e imperfeito. Há certa obediência em seu roteiro lírico, os recursos literários são medidos, de um coeso inovador. O verso elástico e descritivo em explosões sem rima, sem fórmulas métricas, o predispõe ao caminho da prosa".

Exposições 2

Abrir módulo

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: