Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Sinhá D'Amora

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 18.01.2016
01.09.1906 Brasil / Ceará / Lavras da Mangabeira
01.12.2002 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Fideralina Correia de Amora Maciel (Lavras da Mangabeira, Ceará, 1906 – Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2002). Pintora, escultora. Transfere-se para o Rio de Janeiro, em 1933, onde estuda desenho e pintura na Escola Nacional de Belas Artes (Enba). Viaja para a Europa e ingressa na Accademia di Belle Arti di Firenze, Itália e na Académie de La Gr...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Fideralina Correia de Amora Maciel (Lavras da Mangabeira, Ceará, 1906 – Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2002). Pintora, escultora. Transfere-se para o Rio de Janeiro, em 1933, onde estuda desenho e pintura na Escola Nacional de Belas Artes (Enba). Viaja para a Europa e ingressa na Accademia di Belle Arti di Firenze, Itália e na Académie de La Grande Chaumière, Paris, França. De volta ao Brasil, realiza sua primeira exposição individual em 1943, no salão nobre do Palace Hotel, Rio de Janeiro. Funda o curso de restauração “Maria de Lourdes Guimarães”, da Sociedade Brasileira de Belas Artes e o Museu do Crato. Em 2002 é criado o Memorial Sinhá D’Amora, instalado no Centro de Referência do Professor (CRP) em Fortaleza.

Exposições 5

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 1

Abrir módulo
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5). p. 15.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: