Artigo da seção pessoas Michel Groisman

Michel Groisman

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deMichel Groisman: 09-11-1972 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

Transferência , 1999 , Michel Groisman
Registro fotográfico Henrique Pereira

Biografia

Michel Groisman (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1972). Performer. Gradua-se em educação artística, com habilitação em música, pela Universidade do Rio de Janeiro (Unirio), em 1996. Faz cursos de arte com o pintor, desenhista e gravador Luiz Ernesto (1955), na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, entre 1986 e 1992, e com o pintor Luiz Pizarro (1958), no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro ( MAM/RJ), entre 1986 e 1987. Suas primeiras performances são Cabeçânus, Somamão, Degustador e Libélula, no Teatro Sérgio Porto, Rio de Janeiro, 1996; e Trilho, com a M. Groisman Cia. de Dança, no Studio Casa de Pedra, Rio de Janeiro, 1998. Neste mesmo ano, realiza as mostras individuais Ovo Ambiente, Zíper Óculos e Chaveiro Molar, na Loja Matias Marcier, Rio de Janeiro. É convidado a participar do Panorama da Arte Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM/SP), em outubro de 1999. Utilizando o corpo como espaço e matéria, desenvolve trabalhos que integram artes visuais e movimento através de dinâmicas lúdicas e jogos. Desde 2004, trabalha com a artista e pedagoga Gabriela Duvivier. Juntos participam de exposições e festivais por todo o mundo, como o InTransit (Alemanha), Fierce! (Inglaterra), Le Merlan e Made in Brasil (França) e Riocenacontemporanea e Festival Panorama de Dança (Brasil). Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

Análise

Em 1999, Groisman realiza a performance Transferência, trazendo ao público a tônica da obra que o artista desenvolveria nos anos seguintes. Nesta obra, velas são apresilhadas em várias partes do corpo do artista que, por meio de articulações e contorções, transfere a chama de uma vela à outra. Feita a transferência, a primeira vela é apagada com um sopro, graças a um sistema de tubos também anexado ao corpo de Groisman. O crítico Fernando Cocchiarale (1951) observa que uma visão superficial dos aparelhos corporais produzidos por Groisman poderia associá-los ao tema da perversão ou à concepção do corpo como memória de dor e sofrimento. Porém, ao contrário do que esses aparelhos sugerem fora do contexto da ação do artista, a transmissão da energia luminosa remete à positividade da própria vida, do desejo, sua transmissão e corte de fluxos, que se apagam e reacendem numa seqüência de conexões sem origem ou fim.

O interesse pela interação com o público e pela investigação corporal pode ser observado em O Nascimento do Som, 1996/2001, Sirva-se, 2004 e Polvo, 2004. Estas mesmas questões estão presentes na exposição-jogo Porta das Mãos (2007/2008), que conta com 120 fotografias em preto-e-branco que mostram as mãos de Groisman compondo formas curiosas. O jogo inicia quando o visitante tenta reproduzir com suas próprias mãos uma das posições observadas nas fotos. Isso feito, o participante deverá, sem desencostar os dedos, descobrir como transformar a posição atual em uma outra, mostrada em outra foto.

Outras informações de Michel Groisman:

  • Outros nomes
    • Michel Groisman
  • Habilidades
    • Performer
  • Relações de Michel Groisman com outros artigos da enciclopédia:

Obras de Michel Groisman: (1) obras disponíveis:

Exposições (41)

Artigo sobre O Artista Pesquisador

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioO Artista Pesquisador: 24-11-2001  |  Data de término | 03-03-2002
Resumo do artigo O Artista Pesquisador:

Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC-Niterói)

Artigo sobre 8º Salão da Bahia

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de início8º Salão da Bahia: 07-12-2001  |  Data de término | 24-02-2002
Resumo do artigo 8º Salão da Bahia:

Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM/BA)

Artigo sobre Coletiva 2002

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioColetiva 2002 : 19-03-2002  |  Data de término | 27-03-2002
Resumo do artigo Coletiva 2002 :

Galeria Baró Senna (São Paulo, SP)

Artigo sobre Tempo

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioTempo : 29-06-2002  |  Data de término | 09-09-2002
Resumo do artigo Tempo :

The Museum of Modern Art (MoMA)

Artigo sobre Coletiva AAA

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioColetiva AAA: 22-11-2002  |  Data de término | 21-12-2002
Resumo do artigo Coletiva AAA:

Galeria Baró Senna (São Paulo, SP)

Todas as exposições

Eventos relacionados (3)

Artigo sobre sp-arte 2010

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de iníciosp-arte 2010: 29-04-2010  |  Data de término | 02-05-2010
Resumo do artigo sp-arte 2010:

Fundação Bienal de São Paulo

Fontes de pesquisa (3)

  • MAPEAMENTO nacional da produção emergente : 1999/2000. Apresentação Ricardo Ribenboim; texto Maria Eugênia Saturni, Angélica de Moraes, Fernando Cocchiarale, Viviane Matesco, Dodora Guimarães, Carla Zaccagnini, Marcos Hill, Jailton Moreira, Ségio Cardoso; curadoria Angélica de Moraes, Fernando Cocchiarale; apresentação José Castilho Marques Neto; texto Vitória Daniela Bousso; curadoria Vitória Daniela Bousso; texto Cláudio de La Rocque Leal, Moacir dos Anjos Júnior. São Paulo, 180 p. , 2000. (Rumos arte visuais).
  • RUMOS Itaú Cultural Artes Visuais. Em Torno do Corpo. Apresentação Ricardo Ribenboim; curadoria Angélica de Moraes, Fernando Cocchiarale, Vitória Daniela Bousso. São Paulo : Itaú Cultural, 2000. 16 p. il. (Rumos arte visuais).
  • RUMOS Itaú Cultural Artes Visuais. Vertentes Contemporâneas. Apresentação Ricardo Ribenboim; curadoria Angélica de Moraes, Vitória Daniela Bousso, Fernando Cocchiarale; texto Fernando Cocchiarale. São Paulo : Itaú Cultural, 1999. 46 p. il. color. ).

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • MICHEL Groisman. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa27080/michel-groisman>. Acesso em: 19 de Out. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7