Artigo da seção pessoas Klinger Carvalho

Klinger Carvalho

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deKlinger Carvalho: 1966 Local de nascimento: (Brasil / Pará / Óbidos)

Francisco Klinger Carvalho (Óbidos, Pará, 1966). Escultor. Muda-se para Belém, em 1986. Sete anos mais tarde, ganha o prêmio do 2º Salão Paraense de Arte Contemporânea. Gradua-se em Educação Artística pela Universidade Federal do Pará (Ufpa), em 1997. No mesmo ano, transfere-se para Alemanha, onde torna-se mestre em Escultura pela Academia de Arte de Düsseldorf, sob a orientação do escultor inglês Tony Cragg (1949), em 2000.

Faz residência no Kunstverein Bellevue-Saal, em Wiesbaden, Alemanha, em 2001. De volta ao Brasil, trabalha no projeto Ajuri, a Estética Utilitária do Caboclo Amazônico, no Instituto de Arte do Pará (IAP), de 2001 a 2002. 

Em 2008, instala-se em Bogotá, Colômbia. Leciona como professor convidado na Universidade Nacional de Bogotá, de 2010 até 2011. Recebe o Prêmio Itamaraty de Arte, em Brasília, em 2013. Após três anos, muda-se para Mannheim, Alemanha.

Em São Paulo, realiza as exposições individuais Do Concreto ao Alegórico (2015), que reúne dez esculturas feitas com lâmpadas e cadeiras, no Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), e Metáfora de uma Terra Perdida (2017), na Galeria Andrea Rehder Arte Contemporânea. Entre as obras expostas estão Infeliz Coincidência e Contraste – a Arrogância de Narciso, que fazem referência à política brasileira e criticam o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (1947). 

O artista compõe releituras com temáticas socioeconômicas latino-americanas com base na observação do cotidiano e da arquitetura urbana.

 

Outras informações de Klinger Carvalho:

  • Outros nomes
    • Francisco Klinger Carvalho
  • Habilidades
    • Escultor

Exposições (8)

Fontes de pesquisa (6)

  • CARVALHO, Francisco Klinger. [Currículo]. Enviado pelo artista em: 9 maio 2016.
  • DASARTES. Metáfora de uma terra perdida. Dasartes. Rio de Janeiro, 2017. Disponível em: http://dasartes.com/agenda/francisco-klinger-carvalho-andrea-rehder-arte-contemporanea/. Acesso em: 11 dez. 2017.
  • FRANCISCO Klinger Carvalho. Site Oficial do Artista. Disponível em: http://www.franciscoklingercarvalho.com. Acesso em: 17 nov. 2017.
  • GALERIA Andrea Rehder Arte Contemporânea. Francisco Klinger Carvalho "Metáforas de Uma Terra Perdida". Galeria Andrea Rehder Arte Contemporânea. São Paulo, 2017. Disponível em: http://www.andrearehder.com.br/exposicoes/detalhe/francisco-klinger-carvalho-metaforas-de-uma-terra-perdida. Acesso em: 11 dez. 2017.
  • GARCIA, Cecília. A política na obra de Francisco Klinger. Fundação Marcos Amaro (FMA), São Paulo, [s.d.]. Disponível em: https://fmarte.org/2017/05/16/politica-na-obra-de-francisco-kingler/. Acesso em: 11 dez. 2017.
  • MARINHO, Mariana. Exposição reúne esculturas de Francisco Klinger no MuBE. Folha de S.Paulo, São Paulo, 22 nov. 2015. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2015/11/1708523-exposicao-reune-esculturas-de-francisco-klinger-no-mube.shtml. Acesso em: 11 dez. 2017.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • KLINGER Carvalho. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa269923/klinger-carvalho>. Acesso em: 20 de Out. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7