Artigo da seção pessoas Alberto Bitar

Alberto Bitar

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deAlberto Bitar: 12-12-1970 Local de nascimento: (Brasil / Pará / Belém)
Imagem representativa do artigo

Série Passageiro , 2000 , Alberto Bitar
Reprodução Fotográfica Arquivo do Artista

Biografia

Alberto Carneiro Bitar (Belém, Pará, 1970). Fotógrafo e artista visual. Em 1991, participa do curso Fotografia Artesanal e Sensorial, ministrado pelo fotógrafo Miguel Chikaoka (1950), na Associação Fotoativa, em Belém. Na mesma cidade, no ano de 1994, realiza sua primeira exposição individual Solitude, na Galeria Theodoro Braga. Forma-se em Administração de Empresas pela Universidade da Amazônia (Unama/PA), em 1995. Frequenta oficinas de fotografia ministradas pelos fotógrafos Antônio Augusto Fontes (1948), Walter Firmo (1937) e pela curadora Angela Magalhães (1954), entre 1995 e 1997. De 1996 a 2002, trabalha como repórter fotográfico para a Revista Troppo, publicação do jornal O Liberal. A partir de 2002, dedica-se à produção de filmes e vídeos de curta duração produzidos com fotografias de cenas noturnas no espaço urbano. Ganha o Prêmio Aquisição do Salão de Arte Pará, com a série Sobre o Vazio, em 2011 e,  o 12º Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia pela série Corte Seco em 2012. Trabalha como editor de fotografia do jornal O Diário do Pará, e como colaborador da agência Kamara Kó Fotografias

Outras informações de Alberto Bitar:

  • Outros nomes
    • Alberto Carneiro Bitar
    • Alberto Carneiro Bittar
  • Habilidades
    • fotógrafo

Obras de Alberto Bitar: (1) obras disponíveis:

Exposições (65)

Artigo sobre 8º Salão da Bahia

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de início8º Salão da Bahia: 07-12-2001  |  Data de término | 24-02-2002
Resumo do artigo 8º Salão da Bahia:

Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM/BA)

Todas as exposições

Eventos relacionados (1)

Fontes de pesquisa (7)

  • AMAZÔNIA, a arte. Curadoria Orlando Maneschy. Texto Orlando Maneschy, Marisa Mokarzel, Armando Queiroz. Coordenação editorial Paulo Herkenhoff, Orlando Maneschy. Texto Paulo Herkenhoff. Tradução Paul Webb. Vila Velha: Museu Vale, 2010. 136 p.
  • BITAR, Alberto. Hecate: fotografias de Alberto Bitar. Curadoria, texto e edição: Cláudio de La Rocque Leal. Belém: Galeria Theodoro Braga, 1997. 14 p.
  • BITAR, Alberto. Passageiro. Curadoria Rosely Nakagawa; texto Rosely Nakagawa, Mariano Klautau Filho. Belém: [s.n.], 2005. 36 p.
  • CHIKAOKA, Miguel (Coord.). Une certaine Amazonie: réseau de lecture publique de plaine commune. Montreuil: Centre de promotion du livre de jeunesse, 2005. 36 p.
  • GALERIA LUNARA. Corte Seco: a violência urbana pela lente do fotógrafo Alberto Bitar na Galeria Lunara. Porto Alegre, 2015. Exposição realizada no período de 15 maio a 14 jun. 2015. Disponível em: < http://galerialunara.blogspot.com.br/2015/05/dois-extremos-uma-realidade-o-fotografo.html >. Acesso em: 03 jun. 2015.
  • KAMARA Kó Fotografias. 2007. Disponível em: < http://www.kamarako.com.br/# >. Acesso em: 01 jun. 2015. 
  • NEVES, Ivânia dos Santos; CARDOSO, Ana Penaforte Shirley. Entre páginas policiais e galerias de arte: a poética do olhar de Alberto Bitar em Corte Seco. Revista Extraprensa: cultura e comunicação na América Latina, São Paulo, v. 8, n. 15, p.1-9, dez. 2014. Semestral. Disponível em: < http://www.revistas.usp.br/extraprensa >. Acesso em: 28 maio 2015.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • ALBERTO Bitar. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa26793/alberto-bitar>. Acesso em: 17 de Jul. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7
abrir pesquisa
;