Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

João Modé

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
25.06.1961 Brasil / Rio de Janeiro / Resende
João Carlos Mazzucco Modé (Resende RJ 1961). Artista visual. Forma-se em arquitetura pela Universidade Santa Úrsula, Rio de Janeiro, em 1983, e em comunicação visual pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro - EBA/UFRJ, em 1984, ano em que participa da coletiva Como Vai Você, Geração 80?. É professor do núcleo de 3D da...

Texto

Abrir módulo

Biografia
João Carlos Mazzucco Modé (Resende RJ 1961). Artista visual. Forma-se em arquitetura pela Universidade Santa Úrsula, Rio de Janeiro, em 1983, e em comunicação visual pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro - EBA/UFRJ, em 1984, ano em que participa da coletiva Como Vai Você, Geração 80?. É professor do núcleo de 3D da Escola de Artes Visuais do Parque Lage - EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro. Modé é membro fundador do grupo Visorama, formado por artistas residentes no Rio de Janeiro, que entre 1988 e 1995 promove cursos, simpósios, exposições e debates acerca de questões da arte contemporânea. Em 2001, realiza a interferência urbana Do Céu e Da Terra, no bairro carioca de Santa Teresa, e é contemplado com o Prêmio Interferências Urbanas do 11º Arte de Portas Abertas. Entre 2003 e 2004, atua como professor do Instituto de Artes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro - UERJ. Em 2006, conclui o mestrado em Linguagens Visuais pela UFRJ, enquanto participa dos projetos Draw drawing2, em Londres, Notas do Observatório e A Imagem do Som, ambas no Rio de Janeiro. Fez residência internacional em Graz, na Áustria, com o projeto Inherit - conquer, em 2004. No ano seguinte, com o Projeto Road, uma residência móvel entre La Paz, na Bolívia e Lima, no Peru. Em 2007, duas residências: em Belle Île en mer, França e em Medellín, Colômbia.

Comentário Crítico
O acúmulo é um dos elementos recorrentes na obra de João Modé. Em obras como Sentido-Carnal - Lascivo, 1995 ou Estudo da Natureza Animal - Relacional, 1996, o artista cria a partir de elementos orgânicos reunidos ao longo do tempo; são cabelos, unhas, pêlos de barba etc., tudo proveniente de seu próprio corpo. A estes elementos somam-se ainda materiais como couro, pêlo animal, corda, cobre, ouro, dando às peças forte apelo sensorial e tátil. A formalização não é preestabelecida nestas obras: o simples amontoamento desses elementos é, muitas vezes, seu agente organizador. Em outras palavras, as formas são definidas pela própria reunião desordenada, a partir do acúmulo.

Estes três elementos - acumulação, materiais orgânicos, sensorialidade - estão presentes em Comida Para Alma, 1996/1999, instalação em que Modé reúne vasos de porcelana, cipós, argila, incensos e água. Sobre esta obra, o crítico e artista Ricardo Basbaum comenta: "Modé busca um diálogo singular entre a organicidade do tempo próprio dos seus materiais (plantas, insetos, incensos, água) e o espaço físico da galeria. Suas instalações carregam um efeito sedutor de envolvimento do espectador, conduzindo a uma região limite entre a fisicalidade do mundo orgânico e a ascese espiritual e sensorial". No projeto interativo Rede, 2003, o artista deixa a cargo do público a estruturação da obra, e coloca-se como simples promotor ou agente dessa ação, desse intercâmbio: trata-se da confecção de uma trama, com a utilização de fios dos mais variados tipos, fornecidos pelo artista ou trazidos pelo próprio público. Neste caso, a formalização casual do acúmulo, presente em obras anteriores, cede lugar à estruturação espontânea do coletivo.

Eventos multiculturais 1

Abrir módulo

Exposições 96

Abrir módulo

Feiras de arte 1

Abrir módulo

Mostras 1

Abrir módulo

Performances 1

Abrir módulo
  • 20/9/2003 - 21/9/2003

Fontes de pesquisa 11

Abrir módulo
  • ARTE em campus. Curadoria Jorge Emanuel. Rio de Janeiro: UVA, 1997. 1 folha dobrada.
  • CADERNO didático-informativo. Brasília: Fundação Athos Bulcão, 1993. 30 p., s. il.
  • CENTRO Cultural São Paulo: programa de exposições 91. São Paulo: Pavilhão da Bienal, 1992. , il. p&b.
  • ECO-SENSORIAL: extrativismo urbano. Fotografia César Duarte, Loris Machado, Nei Santi Júnior, Wilton Montenegro, J. Moreno. Rio de Janeiro: Escola de Artes Visuais do Parque Lage, 1992. 24 p., il. p.b.
  • GALERIA de Arte Centro Empresarial Rio 1989. Produção Ascânio MMM, Claudio Fortes, João Augusto Fortes, Ronaldo do Rego Macedo; projeto gráfico David Cury; fotografia João Bosco, Marco Rodrigues, Fernando Zago, Sebastião Barbosa, Maurício Ruiz, Pedro Marinho Rêgo; curadoria Ascânio MMM, Ronaldo do Rego Macedo, David Cury; fotografia Emigdio Gonzaga, Carlos Gregório, Luciana Leal, Raul Mourão Vieira, Aimberê César, Márcia X., Andréia Cals, Paulo Scheüenstuhl; projeto gráfico Beatriz Araújo Campos, Rafael Rodrigues; fotografia Ricardo Cunha; projeto gráfico João Modé; fotografia Fausto Fleury; projeto gráfico Salvio Daré; texto Wilson Coutinho, Frederico Morais, Paulo Venancio Filho; curadoria e texto Nilza Procopiak; apresentação João Augusto Fortes; fotografia Frans Krajcberg; ilustração Glauco Rodrigues; texto Eduardo Neiva Jr., Antonio Bacalhau; fotografia Cesar Carneiro; texto Carlos Manes Bandeira; design Wesley Duke Lee; fotografia Lígia Bighetti, Auracébio Pereira; design José Francisco Alves, Gaudêncio Fidelis; texto Ferreira Gullar, Fernando Cocchiarale, Ricardo Basbaum, Fausto Fawcett. Rio de Janeiro: Galeria de Arte-Centro Empresarial Rio, 1989. [194 p.], il. p.b. color.
  • MODÉ, João. Natureza animal / Cama. Curadoria Franklin Espath Pedroso; apresentação Franklin Espath Pedroso; tradução Esther Stearns d'Utra e Silva; fotografia Vicente de Mello. Rio de Janeiro: Galeria do IBEU Copacabana, 1996. 9 p., il. color.
  • MODÉ, João. Rede. Texto José Thomaz Brum; versão em inglês Steve Berg. Copacabana: Sesc Copacabana, 2003. [64] p., il. color.
  • OUTRA paisagem. Apresentação Ricardo Basbaum. São Paulo: Galeria Millan, 1999. folha dobrada, 3 il. color.
  • PAIXÃO do olhar: instalação, pintura, fotografia e vídeo. Rio de Janeiro: MAM, 1993. 32 p., il.
  • PRÊMIO Brasília de Artes Plásticas 1990. Brasília: Museu de Arte de Brasília, 1990. 20 lâminas.
  • SALÃO PARANAENSE, 44., 1987, Paraná, PR. 44º Salão Paranaense. Curadoria Adalice Araújo. Curitiba: MAC/Paraná, 1988.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: