Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Teatro

Artur Xexéo

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 29.06.2021
05.11.1951 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
27.06.2021 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Artur Oscar Moreira Xexéo (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1951 - idem, 2021). Jornalista. Importante nome do jornalismo cultural brasileiro, Xexéo também contribui para a roteirização tanto no teatro quanto na teledramaturgia, além de divulgar importantes nomes da televisão brasileira, redigindo a biografia de suas carreiras.

Texto

Abrir módulo

Artur Oscar Moreira Xexéo (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1951 - idem, 2021). Jornalista. Importante nome do jornalismo cultural brasileiro, Xexéo também contribui para a roteirização tanto no teatro quanto na teledramaturgia, além de divulgar importantes nomes da televisão brasileira, redigindo a biografia de suas carreiras.

Formado em comunicação social pela Faculdade Hélio Alonso no final dos anos 1970, atua até a década de 1990 em diferentes jornais e revistas, como Jornal do Brasil, Veja e Istoé, escrevendo sobre cultura, política e comportamento, e, no início dos anos 2000, ingressa no jornal O Globo como editor do "Segundo Caderno", suplemento dominical dedicado a cultura, análise e divulgação do cenário artístico brasileiro, especialmente do carioca.

Sua produção também se dá na dramaturgia. No teatro, escreve os musicais A Garota do Biquíni Vermelho (2010) e Sempre Teremos Paris (2012), e, na televisão, cria o roteiro de seriados como Pé na Cova (2013), de Miguel Falabella (1956).

Desde 2015, destaca-se nas transmissões das cerimônias da premiação de cinema Oscar realizadas pela Rede Globo, ao lado de jornalistas como Maria Beltrão (1971).

Como escritor, é responsável pelas biografias da escritora Janete Clair (1925-1983), intitulada Janete Clair: A usineira de sonhos (1996), e da apresentadora Hebe Camargo (1929-2012), lançada em 2017, além de transitar por outros gêneros como a crônica, no livro O Torcedor Acidental (2010), que narra situações que vivencia em suas viagens para cobrir competições da Copa do Mundo de futebol.

Na televisão, atua também como comentarista do canal Globonews desde 2008, no programa Estúdio I, tendo a cultura como matéria de seu trabalho.

Transitando entre diversos gêneros e áreas de atuação e com uma obra variada, Artur Xexéo contribui para o jornalismo cultural brasileiro, além de trabalhar pela construção da memória de diferentes personalidades, especialmente da televisão.

Espetáculos 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 7

Abrir módulo

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: