Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

André Lemos

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 02.09.2019
03.06.1962 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
André Luiz Martins Lemos (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1962). Professor, pesquisador, curador. Graduado (1984) em engenharia mecânica pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), é mestre (1991) em política de ciência e tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutor (1995) em sociologia pela Université René Descartes, Paris V, ...

Texto

Abrir módulo

André Luiz Martins Lemos (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1962). Professor, pesquisador, curador. Graduado (1984) em engenharia mecânica pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), é mestre (1991) em política de ciência e tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutor (1995) em sociologia pela Université René Descartes, Paris V, Sorbonne. Realiza pós-doutorado no Canadá, de 2007 a 2008, nas universidades McGill e Alberta, e na National University of Ireland (Irlanda), de 2015 a 2016.

É professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), onde dirige o Laboratório de Pesquisa em Mídia Digital, Redes e Espaço (Lab404), e membro fundador da Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura (ABCiber). Participa de conselhos editoriais e científicos de revistas acadêmicas nacionais e internacionais, como a Sociétés: Revue des Sciences Humaines et Sociales, na França; a Teknokultura, na Espanha e a Wi: Journal of Mobile Media, ambas no Canadá. Como consultor, é membro do conselho internacional do prêmio Prix Ars Electronica (Áustria) na área de Digital Communities. Como membro de júri artístico, participa de comissões nacionais e internacionais, como a do Best of Blogs, promovido pela tevê alemã Deutsche Welle, nas edições de 2004 e 2005, e a do 6º Prêmio Sérgio Motta. Em 2016, torna-se membro do conselho acadêmico da Cátedra Julian Assage de Tecnopolítica e Cultura Digital do Centro Internacional de Estudios Superiores de Comunicación para América Latina (Ciespal) da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em Quito (Equador).

Análise

Com mais de dez livros publicados, André Lemos concentra suas pesquisas nos campos da comunicação e da sociologia e é reconhecido por contribuições intelectuais em cultura digital e cibercultura. Seu livro Cibercultura: Tecnologia e Vida Social na Cultura Contemporânea (2002) é referência na área. 

No Brasil, é um dos pesquisadores que trabalha com a teoria Ator-Rede, uma abordagem sociológica que busca compreender as relações entre atores humanos e não humanos em sistemas organizados em rede. Procura aproximar essa teoria de abordagens filosóficas interessadas em compreender a essência e o significado de dispositivos com atributos como a inteligência (conhecidos como Smart Things, ou Coisas Inteligentes). Também se interessa por contextos sociais urbanos, compostos por atores humanos e não humanos, que produzem e acessam informação em cidades. Essas cidades, por causa das redes interativas, também passam a ser chamadas de “inteligentes” (Smart Cities). Mídias locativas, infocomunicação, ciberativismo e Big Data são outros temas de suas pesquisas. Como professor, oferece cursos regulares em universidades e palestras em eventos de arte e tecnologia. É responsável pela formação e orientação de dezenas de pesquisadores em cultura digital. 

Eventos multiculturais 1

Abrir módulo

Exposições 3

Abrir módulo

Seminários 1

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 5

Abrir módulo
  • LAB404. Site do Laboratório de pesquisa em mídia digital, redes e espaço. Salvador. Disponível em: http://www.lab404.ufba.br /. Acesso em: 15 ago. 2016
  • LEMOS, André. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 8. ed. Porto Alegre: Editora Sulina, 2016.
  • LEMOS, André. Currículo Currículo do artista. Plataforma Lattes, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Disponível em: http://lattes.cnpq.br/5586679333125539. Acesso em: 15 ago. 2016
  • PRÊMIO Cultural Sérgio Motta. In: Instituto Sergio Motta, São Paulo. Disponível em: http://ism.org.br/psm/. Acesso em: 15 ago. 2016
  • THE BOBS. Website do The Best of Blogs. Disponível em: https://thebobs.com/portugues/. Acesso em: 15 ago. 2016

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: