Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Arthur Leandro

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 14.07.2020
27.06.1967 Brasil / Pará / Belém
2018
Reprodução fotográfica arquivo do artista

Não-Negativo, 2002
Arthur Leandro
Instalação - espelho com palavras escritas em negativo

Arthur Leandro de Moraes Maroja (Belém  PA  1967). Artista visual, fotógrafo e professor. Freqüenta cursos na oficina FotoAtiva de Miguel Chikaoka, em 1990. Dois anos mais tarde, gradua-se em arquitetura e urbanismo, pela UFPA. Em 2000, conclui mestrado em linguagens visuais pelo programa de pós-graduação da Escola de Belas Artes da UFRJ, Rio de...

Texto

Abrir módulo

Arthur Leandro de Moraes Maroja (Belém  PA  1967). Artista visual, fotógrafo e professor. Freqüenta cursos na oficina FotoAtiva de Miguel Chikaoka, em 1990. Dois anos mais tarde, gradua-se em arquitetura e urbanismo, pela UFPA. Em 2000, conclui mestrado em linguagens visuais pelo programa de pós-graduação da Escola de Belas Artes da UFRJ, Rio de Janeiro. É professor de fotografia e artes gráficas na UNIFAP, Amapá. Na cidade de Macapá, coordena o projeto Imagens Ações e Imaginações, desenvolvendo o ensino de fotografia nas escolas públicas da Rede Estadual de Ensino.  

Obras 1

Abrir módulo
Reprodução fotográfica arquivo do artista

Não-Negativo

Instalação - espelho com palavras escritas em negativo

Exposições 42

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 9

Abrir módulo
  • ALENCASTRO, Roberta (coord. ). Interferências urbanas. Curadoria Fernando Cocchiarale; projeto gráfico Beatriz Pimenta; apresentação Roberta Alencastro, Julio Castro; fotografia Antonio Fatorelli. Rio de Janeiro: Arte de Portas Abertas, [1999?]. 24 p. , il. p&b color.
  • ATELIER Finep 2000. Apresentação Lauro Cavalcanti; projeto gráfico Adriana Cataldo, Sula Danowski. Rio de Janeiro: Paço Imperial, 2000. [68] p. , il. p&b color.
  • ESTRANHAMENTO. Curadoria Paulo Reis; apresentação Ricardo Ribenboim. Campinas: Itaú Cultural Campinas, 2002. [20] p. , il. p&b.
  • PEREGRINO, Nadja (coord.). Fotografia contemporânea do Pará: Novas visões. Curadoria Paulo Máttar. Rio de Janeiro: EdUFF, 1997.
  • RUMOS ITAÚ CULTURAL ARTES VISUAIS. Rumos da nova arte contemporânea brasileira. Curadoria Fernando Cocchiarale. Belo Horizonte: Itaú Cultural, 2002. (Rumos Itaú Cultural Artes Visuais).
  • RUMOS ITAÚ CULTURAL ARTES VISUAIS. Vertentes da produção contemporânea: arte: sistema e redes; poéticas da atitude; o transitório e o precário; entre o mundo e o sujeito. Curadoria Cristina Freire, Jailton Moreira, Moacir dos Anjos. São Paulo: Itaú Cultural, 2002. (Rumos Itaú Cultural Artes Visuais).
  • SALÃO ARTE PARÁ, 15., 1996, Belém. Décimo Quinto Salão Arte Pará: as marcas do nosso tempo. Curadoria Paulo Herkenhoff, Cláudio de La Rocque Leal e Mauro Bondi. Belém: Fundação Romulo Maiorana, 1996.
  • SALÃO ARTE PARÁ, 19., 2000, Belém, PA. Arte Pará 2000 = Arte Pará dois mil: a influência da arte e cultura italianas na arte e cultura do Pará. Curadoria Jussara da Silveira Derenji; tradução Guido Oddenino, Liceu Italiano. Belém: Fundação Romulo Maiorana, 2000. Disponível em: http://www.mediacenterliberal.com.br/pdf/catalogo2000.pdf. Acesso em: 30 jun. 2020.
  • SALÃO DA BAHIA, 8., 2001, Salvador. 8º Salão da Bahia. Salvador: MAM, 2001.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: