Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.



Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Sérgio Lucena

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 31.10.2015
29.10.1963 Brasil / Paraíba / João Pessoa
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título], 1989
Sérgio Lucena
Acrílica sobre tela, c.i.e.
70,00 cm x 60,00 cm

Sérgio Soares de Lucena (João Pessoa, PB, 1963). Pintor, desenhista. Inicia e abandona, inconclusos, os cursos de bacharelado em física e psicologia, ambos na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa. Em 1982 inicia o estudo de técnicas de desenho e pintura com o pintor Flávio Tavares (1950). Esses estudos duram até 1986. Nesse ano...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Sérgio Soares de Lucena (João Pessoa, PB, 1963). Pintor, desenhista. Inicia e abandona, inconclusos, os cursos de bacharelado em física e psicologia, ambos na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa. Em 1982 inicia o estudo de técnicas de desenho e pintura com o pintor Flávio Tavares (1950). Esses estudos duram até 1986. Nesse ano pinta, com o mesmo artista, o painel A Pedra do Reino numa homenagem e referência ao escritor paraibano Ariano Suassuna (1927-2014). Em 1987 muda-se para a Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, desenvolvendo sua própria técnica no uso da tinta acrílica, buscando um caminho que mais tarde o levaria à pintura a óleo. Volta para João Pessoa em 1988. Nesse mesmo ano pinta o estandarte do bloco carnavalesco Muriçocas do Miramar, o mais popular da cidade. Em 1992 recebe bolsa de um ano para estudar em Berlim e fazer intercâmbio com artistas alemães, a convite da Deutsch-Brasilianische Kulturelle Vereiningung. A videomaker Eliza Cabral utiliza suas pinturas como motivo para a realização de dois trabalhos em vídeo: O Quadro Nº 1 (1989) e A Seiva (1993).

Obras 12

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título]

Óleo sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título]

Acrílica sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título]

Acrílica sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título]

Acrílica sobre tela
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

[Sem Título]

Óleo sobre tela

Exposições 17

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 3

Abrir módulo
  • ART Brasil Berlin. Apresentação de João Carlos Pessoa Fragoso, Anke Martiny, Paulo. Berlin: Berliner Galerien Zeigen Brasilianische Kunst, 1990.
  • BRAZILIANART Book V: livro de arte brasileira. Curadoria Nair Barbosa Lima; texto José Neistein; versão em inglês Thomas William Nerney. São Paulo: JC Editora, 2004. 480 p., il. color.
  • II Arte Atual Paraibana. Texto Eudes Rocha Jr., Georges Racz, Paulo Cheida Sans, DeLima Medeiros, Ana Maria de Paula Racz, Arthur Américo Siqueira Campos Cantalice. João Pessoa: Espaço Cultural da Paraíba, 1990. 94 p., il. color.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: