Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Mario Toral

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
12.02.1934 Chile / a definir / Santiago
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Relevo, 1958
Mario Toral
130,00 cm x 96,20 cm

Mario Toral (Santiago, Chile 1934). Pintor, gravador, desenhista, ilustrador e professor. Estuda na Escola de Belas Artes de Montevidéu, Uruguai, (1952 e 1953) e na Escola de Belas Artes de Paris, França (1961 e 1962), com Henri-Georges Adam. Vive em Paris até 1966, quando retorna para o Chile e passa a lecionar pintura e desenho na Universidade...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Mario Toral (Santiago, Chile 1934). Pintor, gravador, desenhista, ilustrador e professor. Estuda na Escola de Belas Artes de Montevidéu, Uruguai, (1952 e 1953) e na Escola de Belas Artes de Paris, França (1961 e 1962), com Henri-Georges Adam. Vive em Paris até 1966, quando retorna para o Chile e passa a lecionar pintura e desenho na Universidade Católica de Santiago. De 1953 a 1961, mora no Brasil, em São Paulo. Entre 1966 e 1970, dedica-se a ilustrar livros, dentre eles Vinte poemas de amor e uma canção desesperada, de Pablo Neruda. Em 1974, ganha bolsa de estudos da Fundação Guggenheim e segue para Nova York (Estados Unidos), onde permanece até 1975.

Obras 1

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Exposições 6

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 2

Abrir módulo
  • AMARAL, Aracy A. (org.). Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo: perfil de um acervo. São Paulo: Techint Engenharia: Ex Libris, 1988.
  • MILLIET, Sergio. Pintura, siempre pintura. In: CASTEDO, Leopoldo. Toral, tres decenios en su obra: 1954-1984. Santiago de Chile: Ed. Lord Cochrane, 1984. p. 26.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: