Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Tatiana Blass

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 13.01.2017
07.11.1979 Brasil / São Paulo / São Paulo
Reprodução fotografica Iara Venanzi/Itaú Cultural

Paisagem Vermelha Invertida, 2004
Tatiana Blass
Óleo sobre tela
100,00 cm x 80,00 cm

Tatiana da Silva Blass (São Paulo, SP, 1979). Artista plástica. Desde a infância, pratica atividades relacionadas à arte, frequentando exposições e cursos. Durante o 2º grau, tem aulas com os artistas Alex Cerveny (1963) e Sandra Cinto (1968). Em 1998, ingressa no bacharelado em artes plásticas do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paul...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Tatiana da Silva Blass (São Paulo, SP, 1979). Artista plástica. Desde a infância, pratica atividades relacionadas à arte, frequentando exposições e cursos. Durante o 2º grau, tem aulas com os artistas Alex Cerveny (1963) e Sandra Cinto (1968). Em 1998, ingressa no bacharelado em artes plásticas do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (Unesp), onde se forma em 2001. Durante os anos de formação, continua frequentando cursos livres, efetuando contato com críticos e artistas como Rodrigo Naves (1955), Alberto Tassinari (1953), Rodrigo Andrade (1962) e Paulo Monteiro (1961).

Desde 1998, participa regularmente de exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior, com destaque para as mostras: Atavio (2004), no Ateliê397, quando exibe sua primeira obra realizada diretamente no espaço; Cão Cego (2009), no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM/BA), primeira individual em um museu, na qual apresenta as primeiras experiências com o conceito de escultura-performance, cujos materiais derretem ao longo da exposição; 29ª Bienal Internacional de Arte de São Paulo (2010); Fim de Partida (2011), no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB/RJ); e Interview (2012), na Johannes Vogt Gallery, em Nova York.

Entre os prêmios que recebe destacam-se: Prêmio Aquisição na 3ª Mostra do Programa de Exposições do Centro Cultural São Paulo (CCSP), em 2003; Prêmio Aquisição no 14º Salão da Bahia, realizado pelo MAM/BA, em 2007; Grants & Commissions Program Exhibition, da Cisneros Fontanals Art Foundation, em Miami, em 2010; e Prêmio Investidor Profissional de Arte, em 2011. Em 2012, realiza residência artística em Londres como parte do prêmio PIPA. Vive e trabalha em São Paulo.

Comentário crítico
A obra de Tatiana Blass explora as linguagens da pintura, do vídeo, da instalação e do objeto sem tratá-las como universos estanques, mas criando diálogos que conferem ao conjunto de seus trabalhos uma unidade surpreendente. Essa unidade não impede, porém, que o fragmento, o corte, assim como a forma escorrida, em dissolução, apareçam em diversos trabalhos.

As séries de pinturas desenvolvidas entre 2003 e 2008 são construídas com formas que parecem recortadas, harmonizando-se em camadas superpostas e combinações de cores e texturas algumas vezes gritantes, outras vezes sóbrias e silenciosas. Essas camadas, de forte apelo tátil, formam padrões de feixes e elementos arredondados que cruzam em diversas direções o espaço da tela. O mesmo raciocínio plástico se expande para o ambiente na instalação Atavio. As formas escorrem pelo chão e pelas paredes da galeria, solução que a artista explora também em objetos como Cauda #2 (2004). O mesmo ocorre com o princípio do corte na instalação Zona Morta (2007), em que uma faixa corta na mesma altura todos os objetos e móveis de uma típica sala de estar brasileira dos anos 1970, criando uma área vazia.

Já em trabalhos mais recentes, a composição através do corte geométrico cede espaço à diluição. Nas pinturas, surgem sutis referências a seres fantasmáticos vagando pela matéria pictórica. Na instalação/performance Fim de Partida, inspirada na peça homônima de Samuel Beckett (1906-1989), personagens feitos de cera derretem no palco, queimados pela luz dos refletores. Nos dois casos, a artista constroi um universo em desmanche, ao qual a fragilidade da figura humana não pode oferecer resistência.

Obras 3

Abrir módulo
Registro fotográfico Amilcar Packer

Cauda_Mesa

Madeira folheada

Exposições 75

Abrir módulo

Feiras de arte 1

Abrir módulo

Mostras audiovisuais 2

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 18

Abrir módulo
  • 30 x BIENAL: transformações na arte brasileira da 1ª à 30ª edição. Curadoria Paulo Venâncio Filho. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 2013. Catálogo de exposição.
  • BIENAL DE SÃO PAULO, 29., 2010. São Paulo, SP. 29º Bienal de São Paulo: Há sempre um copo de mar para um homem navegar. Curadores Agnaldo Farias e Moacir dos Anjos. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 2010. Catálogo de exposição. Disponível em: http:http://www.bienal.org.br/publicacoes/2072.
  • BLASS, Tatiana. Acidente. Texto Noemi Jaffé. Tradução Noemi Jaffé. São Paulo: Galeria Millan, 2012. Catálogo de exposição.
  • BLASS, Tatiana. Cauda. Texto Luiz Camillo Osorio. São Paulo: Galeria Virgílio, 2005. Catálogo de exposição.
  • BLASS, Tatiana. Entrevista. Celeuma, n. 3, São Paulo, 2013. Disponível em: http://mariantonia.prceu.usp.br/celeuma/?q=revista/3/dossie/tatiana-blass. Acesso em: 17 mar. 2015.
  • BLASS, Tatiana. Penélope: Tatiana Blass. Texto Douglas Freitas. São Paulo: Capela do Morumbi, 2012. Catálogo de exposição.
  • BLASS, Tatiana. Site oficial. Disponível em: www.tatianablass.com.br. Acesso em: 17 mar. 2015.
  • BLASS, Tatiana. Tatiana Blass. Santiago de Compostela; A Coruña; São Paulo: Artedardo: Macuf: Galeria Millan, 2008. Catálogo de exposição.
  • BLASS, Tatiana. Tatiana Blass. São Paulo, 2010. Catálogo de exposição.
  • BLASS, Tatiana. Tatiana Blass. Texto José Augusto Ribeiro; curadoria José Augusto Ribeiro. São Paulo: Caixa Cultural, 2011. Catálogo de exposição.
  • BLASS, Tatiana. Teatro da despedida. São Paulo: Galeria Millan, 2010. Catálogo de exposição.
  • GERAÇÃO DA VIRADA. 10+1: os anos recentes da arte brasileira. São Paulo: Instituto Tomie Ohtake, 2007. Catálogo de exposição.
  • GERAÇÃO DA VIRADA. 10+1: os anos recentes da arte brasileira. São Paulo: Instituto Tomie Ohtake, 2007. Catálogo de exposição.
  • NOVA ARTE NOVA. Curadoria Paulo Venâncio Filho. São Paulo: Centro Cultural Banco do Brasil, 2009. Catálogo de exposição.
  • PINTURA brasileira séc. XXI. Organizadores Isabel Diegues, Frederico Coelho. Rio de Janeiro: Cobogó, 2011.
  • RUMOS ARTES VISUAIS ITAÚ CULTURAL 2005-2006. São Paulo: Itaú Cultural, 2006. Catálogo de exposição.
  • SORAGGI, Bruno B. Tatiana Blass. Vice, 29 abr. 2011. Disponível em: http://www.vice.com/pt_br/read/tatiana-blass. Acesso em: 17 mar. 2014.
  • TERCEIRA METADE. Curadoria Luiz Camillo Osorio e Marta Mestre. Rio de Janeiro, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, 2011. Catálogo de exposição.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: