Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas

A Enciclopédia é o projeto mais antigo do Itaú Cultural. Ela nasce como um banco de dados sobre pintura brasileira, em 1987, e vem sendo construída por muitas mãos.

Se você deseja contribuir com sugestões ou tem dúvidas sobre a Enciclopédia, escreva para nós.

Caso tenha alguma dúvida, sugerimos que você dê uma olhada nas nossas Perguntas Frequentes, onde esclarecemos alguns questionamentos sobre nossa plataforma.

Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Gerardenghi

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
Última atualização: 25.04.2017
07.08.1876 Itália / Piemonte / Dronero
24.03.1957 Brasil / São Paulo / São Paulo

Rio de Janeiro
Gerardenghi
Óleo sobre tela

Bigio Gerardenghi (Dronero, Itália 1876 - São Paulo, São Paulo, 1957). Pintor e professor.  Na Itália, estuda com Eduardo Dalbono, Domenico Morelli, Filippo Pallizzi e Michele Cammarano. Atua como professor de pintura da Academia Salvator Rosa e como diretor da Escola de Artes Aplicadas de Avignano. Em 1908, recebe a Medalha de Ouro na Exposição...

Texto

Abrir módulo

Biografia

Bigio Gerardenghi (Dronero, Itália 1876 - São Paulo, São Paulo, 1957). Pintor e professor.  Na Itália, estuda com Eduardo Dalbono, Domenico Morelli, Filippo Pallizzi e Michele Cammarano. Atua como professor de pintura da Academia Salvator Rosa e como diretor da Escola de Artes Aplicadas de Avignano. Em 1908, recebe a Medalha de Ouro na Exposição Internacional de Nápoles, Itália. Em 1916, seu quadro Lã para os Soldados é reproduzido, pela Cruz Vermelha Italiana, para servir de propaganda de socorro às vítimas da I Guerra Mundial. A partir de 1923, reside em São Paulo, onde leciona para Antonio Rocco (1880-1944).

Obras 3

Abrir módulo
Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Feira-Livre

Óleo sobre tela

Exposições 5

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 11

Abrir módulo
  • BRAGA, Theodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942.
  • CAMARGO, Armando de Arruda; LÔBO, Hélio de Sá; AZEVEDO, João da Cruz Vicente de (Orgs.). A paisagem brasileira: 1650-1976. São Paulo: Sociarte: Paço das Artes, 1980.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. xxxxxx
  • LOUZADA, Júlio. Artes plásticas Brasil 1985: seu mercado, seus leilões. São Paulo: J. Louzada, 1984. v. 1.
  • LOUZADA, v.1-3, 5-9. xxxxxx
  • O OLHAR italiano sobre São Paulo. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1993. , il. p&b. color.
  • SÃO PAULO (ESTADO). SECRETARIA DA CULTURA. Pintores Italianos no Brasil. São Paulo: Governo do Estado de São Paulo. Secretaria de Estado da Cultura/Sociarte, 1982.
  • TARASANTCHI, Ruth Sprung. Pintores paisagistas em São Paulo (1890-1920). 1986. 303 f. Tese (Doutorado) - Escola da Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP, São Paulo, 1986.
  • TARASANTCHI, Ruth Sprung. Pintores paisagistas em São Paulo (1890-1920). 1986. 303 f. Tese (Doutorado) - Escola da Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA/USP, São Paulo, 1986. T759.09281 T177p v.2

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: