Ordenação

Tipo de Verbete

Filtros

Áreas de Expressão
Artes Visuais
Cinema
Dança
Literatura
Música
Teatro

Período

Temas


Enciclopédia Itaú Cultural
Artes visuais

Gastão Worms

Por Editores da Enciclopédia Itaú Cultural
20.05.1905 Brasil / São Paulo / São Paulo
16.12.1967 Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Nu, 1934
Gastão Worms
Óleo sobre tela
60,00 cm x 72,00 cm
Acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo/Brasil

Gastão Worms (São Paulo SP 1905 - Rio de Janeiro RJ 1967). Pintor, escultor, professor, caricaturista. Filho da pintora Bertha Worms (1868 - 1937), começa sua atividade artística realizando caricaturas para as revistas Kosmos e Pimpão. Em 1922, recebe menção honrosa com a tela Pobrezinha, na 28ª Exposição Geral de Belas Artes, no início da carre...

Texto

Abrir módulo

Biografia
Gastão Worms (São Paulo SP 1905 - Rio de Janeiro RJ 1967). Pintor, escultor, professor, caricaturista. Filho da pintora Bertha Worms (1868 - 1937), começa sua atividade artística realizando caricaturas para as revistas Kosmos e Pimpão. Em 1922, recebe menção honrosa com a tela Pobrezinha, na 28ª Exposição Geral de Belas Artes, no início da carreira de pintor. Faz caricaturas para o Diário da Noite, com o pseudônimo de Valverde, em 1924. Realiza sua primeira individual, em 1926, no antigo edifício dos Correios, no largo do Palácio, São Paulo, com 43 obras, entre retratos, naturezas-mortas e paisagens. Em 1927, segue para a Europa, e freqüenta a Académie de la Grande Chaumière, em Paris. Freqüenta também a Academie Julian em 1929, na capital francesa, onde permanece até 1932, com o auxílio do Pensionato de Artístico do Governo de São Paulo. De volta a São Paulo, além de ministrar aulas regulares de francês e desenho, participa de diversas mostras coletivas. Nesse ano, colabora com a decoração do baile carnavalesco da Sociedade Pró-Arte Moderna - Spam. Seus trabalhos integram várias edições do Salão Paulista de Belas Artes. Em 1943, transfere-se para o Rio de Janeiro. Participa da 1ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1951 e do 1º e 2º Salão Nacional de Arte Moderna, em 1952 e 1953.

Comentário Crítico
A obra de Gastão Worms parece resistir a esforços de classificação mais decididos. Afastado de grupos, escolas e movimentos, o artista traça um percurso particular, equilibrando-se entre a tradição acadêmica - em que é formado, sobretudo devido ao ambiente familiar - e as conquistas da arte moderna, apreendidas no período europeu, assim como no ambiente artístico brasileiro dos anos 1930. O pintor não expôs com os artistas da Semana de Arte Moderna de 1922, embora sua obra mereça comentários favoráveis de críticos ligados ao modernismo, como Mário de Andrade (1893 - 1945) e Sérgio Milliet (1898 - 1966). Tampouco integra o Núcleo Bernardelli, embora participe de um de seus salões. De qualquer modo, nota-se uma afinidade de seus trabalhos com a pauta desse grupo e de outros atuantes no período (a Sociedade Pró-Arte Moderna - Spam, por exemplo), tributários das conquistas estéticas do modernismo, ainda que uma parte de seus integrantes se afine com o ideário do retorno à ordem. Sua obra fornece, assim, um acesso à heterogênea produção artística dos anos 1930 e 1940 no Brasil.

O cuidado com a composição, os traços amplos e a predileção pelas cores quentes (ainda que em alguns momentos volte-se para as pesquisas com o branco) se fazem presentes em naturezas-mortas (Peras, ca.1936), paisagens e retratos, gênero de sua preferência (Retrato de Sérgio Milliet, 1939, e Retrato de Carlos Scliar, 1940). Notória é a primazia da figura feminina em sua obra, perceptível em Moça na Sacada, s.d., Menina com Laço de Fita, déc.1930, Madalena, ca.1930, Moça Recostada, déc.1940, bem como no conjunto de nus que produz ao longo da vida. Na escultura, realiza bronzes e gessos de animais, além de uma Afrodite em tamanho natural, hoje no saguão do Condomínio Edifício Paissandu, em São Paulo.

Obras 1

Abrir módulo
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini

Nu

Óleo sobre tela

Exposições 45

Abrir módulo

Fontes de pesquisa 15

Abrir módulo
  • A PINACOTECA do Estado. Texto Carlos Alberto Cerqueira Lemos, Paulo Mendes da Rocha, Maria Cecília França Lourenço; apresentação Ricardo Ohtake, Emanoel Araújo; pesquisa Malú Grima, Sandra Regina Gonçalves, Lucila de Sá Carneiro, Carlos Dal Rovere Júnior, Carmem Correa, José de Oliveira Júnior, Paulo de Tarso. São Paulo: Banco Safra, 1994. 319 p., il. color.
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979.
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5).
  • DICIONÁRIO brasileiro de artistas plásticos. Organização Carlos Cavalcanti e Walmir Ayala. Brasília: Instituto Nacional do Livro, 1973-1980. 4v. (Dicionários especializados, 5). IC / R703.0981 / C376d / v.4 / pt.2
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989.
  • GULLAR, Ferreira (et. al). 150 anos de pintura no Brasil: 1820-1970. Rio de Janeiro: Colorama, 1989. xxxxxx
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. xxxxxx
  • O OLHAR de Sérgio Milliet sobre a arte brasileira: desenhos e pinturas. São Paulo: Biblioteca Mário de Andrade, 1992. 96 p., il. color.
  • OS SALÕES: da família artística paulista, de maio e do sindicato dos artistas plásticos de São Paulo. São Paulo: Museu Lasar Segall, 1976. (Ciclo de Exposições de Pintura Brasileira Contemporânea).
  • OS WORMS: Bertha e Gastão. Curadoria Ruth Sprung Tarasantchi; texto Emanoel Araújo; apresentação Marcos Mendonça; texto Ruth Sprung Tarasantchi. São Paulo: Pinacoteca, 1996. [45] p., il. p&b color.
  • PINACOTECA do Estado de São Paulo - São Paulo. Rio de Janeiro: Funarte, 1982. (Museus brasileiros, 6).
  • PINACOTECA do Município de São Paulo: Coleção de Arte da cidade. Apresentação Carlos Augusto Calil; Texto Maria Camila Duprat Martins, Stella Teixeira de Barros, Evando Piccino et. al. São Paulo: Banco Safra, 2005. 356 p.
  • REIS JÚNIOR, José Maria dos. História da pintura no Brasil. Prefácio Oswaldo Teixeira. São Paulo: Leia, 1944.
  • ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983. v. 1.
  • ZANINI, Walter. A arte no Brasil nas décadas de 1930-40: o Grupo Santa Helena. São Paulo: Nobel; Edusp, 1991.

Como citar

Abrir módulo

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo: